Thiago Neves marcou o gol que decidiu a partida
Thiago Neves marcou o gol que decidiu a partidaFoto: Vinnicius Silva/Cruzeiro

O Cruzeiro largou na frente na briga pelo título da Copa do Brasil 2018. Na noite desta quarta-feira, a Raposa fez valer o mando de campo e conseguiu bater o Corinthians por 1x0, no Mineirão, graças a um solitário gol de cabeça de Thiago Neves, no fim do primeiro tempo. A equipe celeste agora precisa apenas de um empate para levantar a taça. Para o time alvinegro, só resta a vitória. Caso vença por um gol de diferença, a peleja será decidida nos pênaltis. No caso de um triunfo por dois gols a mais de vantagem, fica com o troféu. O confronto da volta acontecerá na próxima quarta (17), na Arena Corinthians, em São Paulo, às 21h45.

O duelo começou conforme os prognósticos apontavam: truncado, com posturas mais retraídas das equipes, que se estudavam dentro de campo, sem conceder muitos espaços ao lado adversário. Como jogava a primeira partida da final em casa, seria natural que o Cruzeiro tivesse um pouco mais de iniciativa do que o seu oponente. E assim aconteceu, com mais volume de jogo do lado azul. Entretanto, a primeira boa chance veio por parte do Corinthians, em uma cabeçada de Léo Santos, que foi pela linha de fundo. A resposta veio com mais perigo ainda. Em contra-ataque, Thiago Neves arrancou e bateu forte. Cássio foi obrigado a fazer boa defesa.

Leia também:
Cruzeiro e Corinthians iniciam decisão da Copa do Brasil
Folha em Campo analisa semifinais da Copa do Brasil; assista ao vídeo
Corinthians anuncia Jair Ventura como novo técnico

Na sequência, o duelo ficou um pouco morno. O goleiro Cássio conseguiu esfriar o confronto ao cair no gramado e pedir atendimento médico. De resto, muita marcação das duas partes e pouca criação. Coube a Thiago Neves, mais uma vez, acabar com o marasmo. O meia recebeu de fora da área e arriscou de pé direito. A bola explodiu na trave corintiana. O mesmo armador levou perigo de novo, em cruzamento, que Henrique testou à queima-roupa e o goleiro alvinegro salvou. No entanto, ao final do primeiro tempo, não teve jeito. Egídio fez boa jogada pela ponta e cruzou. Thiago Neves apareceu livre no segundo pau, cabeceou para o chão e abriu o placar.

A etapa final foi ainda menos emocionante do que o primeiro tempo. O Cruzeiro continuou com mais posse de bola, tomando a iniciativa, ainda que com extrema precaução, enquanto o Corinthians buscava se defender tentar aproveitar um contragolpe. Aos 17 minutos, a Raposa voltou a assustar por onde mais sabe: pelo alto. Robinho levantou na área e Barcos cabeceou, mas a bola saiu. Em seguida, foi a vez de Thiago Neves cruzar. Dedé desviou de cabeça, mas a bola saiu novamente, tirando tinta da trave. Embora estivesse em desvantagem, o clube paulista não mudou a postura. E assim o jogo terminou, com placar magro e vantagem mínima cruzeirense.

FICHA TÉCNICA:

Cruzeiro 1
Fábio; Edílson, Dedé, Léo, Egídio; Henrique, Ariel Cabral, Robinho, Thiago Neves (David), Rafinha (Rafael Sobis); Barcos (Raniel). Técnico: Mano Menezes

Corinthians 0
Cássio; Fagner, Léo Santos, Henrique, Danilo Avelar; Gabriel, Ralf, Mateus Vital (Araos); Romero, Jadson (Emerson Sheik), Clayson (Pedrinho). Técnico: Jair Ventura

Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Juiz: Anderson Daronco (RS).
Cartões amarelos: Egídio, Thiago Neves (Cruzeiro); Henrique, Léo Santos, Jadson (Corinthians);
Cartão vermelho: Araos (Corinthians)
Gol: Thiago Neves, aos 45min do primeiro tempo

veja também

comentários

comece o dia bem informado: