Evandro Carvalho, presidente da FPF
Evandro Carvalho, presidente da FPFFoto: Flávio Japa/Arquivo Folha

Os jogos de Náutico e Santa Cruz (caso o Tricolor avance de fase) nas quartas de finais da Série C 2019 podem ter o uso do VAR. O presidente da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Evandro Carvalho, oficializou um pedido junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para que a tecnologia seja utilizada no estado.

"Falei pessoalmente com o presidente da CBF (Rogério Caboclo) e espero definir amanhã ou ainda nesta semana essa questão. Depois, nós teremos que fazer a vistoria nos estádios e todos os ajustes para implantar a tecnologia", afirmou Carvalho. Para receber o VAR, a CBF pede que o local atenda alguns requisitos estruturais, permitindo, por exemplo, a instalação de 18 câmeras em torno do campo.

Em princípio, o palco com maior condição de adotar o recurso é a Arena de Pernambuco, mas o presidente da FPF não descartou a utilização do VAR nos Aflitos ou no Arruda, em caso de classificação do Santa Cruz ao mata-mata. "O fato de não utilizarmos (a tecnologia) na Arena dificulta o trabalho, embora não seja um entrave. Precisamos seguir um protocolo, mas criando algumas alternativas”, apontou.

No Campeonato Pernambucano de 2017, as finais entre Sport e Salgueiro tiveram o VAR tanto na Ilha do Retiro como no Cornélio de Barros. No reduto leonino, o recurso ajudou na marcação de um pênalti para o Carcará. Na casa dos sertanejos, os mandantes tiveram um gol invalidado após a imagem ser analisada pelo árbitro de vídeo. Em ambos os casos houve polêmica por conta das marcações.

Neste ano, o Náutico reclamou da ausência do VAR nas finais do Estadual. O Timbu foi prejudicado no jogo de ida, nos Aflitos, sofrendo um gol irregular na derrota por 1x0 para o Sport, na Ilha do Retiro. Na ocasião, Evandro Carvalho afirmou que não houve “tempo hábil” para a implantação da tecnologia na decisão.

Leia também:
CBF vai liberar imagens do VAR no 2º turno da Série A
Dirigente do Náutico lamenta erro de arbitragem e falta de VAR

veja também

comentários

comece o dia bem informado: