Juventude enfrentará o Náutico na semifinal
Juventude enfrentará o Náutico na semifinalFoto: Reprodução/DAZN

Após comemorar o acesso do Náutico à Série B, conquistado de forma emocionante nos Aflitos, os alvirrubros ficaram atentos no jogo derradeiro das quartas de final da Série C 2019, ontem, entre Juventude/RS e Imperatriz/MA. Do confronto, saiu o último classificado para a Segundona do ano que vem e, consequentemente, o adversário do Timbu na semifinal do torneio. Os pernambucanos terão pela frente o Papo, que venceu o Cavalo de Aço por 4x0, no Alfredo Jaconi. Conheça um pouco mais sobre o time de Caxias do Sul, a "barreira" que separa o Alvirrubro da final do torneio.

Escolhido para assumir o Juventude após a demissão de Luiz Carlos Winck, o técnico Marquinhos Santos chegou com o discurso de resgatar a força caseira dos gaúchos. Tática que funcionou. Presente no G4 desde a terceira rodada, o clube teve bom desempenho como mandante no Grupo B, com cinco vitórias, três empates e uma derrota. Um dos pontos fortes é no meio-campo. Setor que tem Denner, Rafael Bastos e o experiente Renato Cajá. Esse último teve atuação decisiva contra o Imperatriz, marcando três gols. Na frente, a equipe tem dois velhos conhecidos do futebol pernambucano, o atacante Bruno Alves, ex-Náutico, e Carlos Henrique, ex-Sport.

Leia também:
Torcedores do Náutico ainda em êxtase com o acesso à Série B
[Vídeo] Os cinco momentos do acesso do Náutico


O Juventude é o único clube gaúcho que conseguiu o acesso -- Ypiranga e São José caíram nas quartas de final. Buscando o terceiro título nacional- o Papo ganhou a Série B de 1994 e a Copa do Brasil de 1998 -, o representante de Caxias do Sul precisa superar um tabu diante dos pernambucanos. Nos quatro jogos realizados contra o Náutico, o time não possui uma vitória sequer. São três empates e uma derrota. O confronto mais recente foi na Série B 2017, com um 0x0 no Alfredo Jaconi. Os alvirrubros ainda terão o trunfo de contar com um técnico que conhece bem não somente o Rio Grande do Sul, como o próprio adversário: Gilmar Dal Pozzo. O técnico do Timbu comandou a equipe verde e branca há dois anos, na Série B.

A outra semifinal da Série C será entre Sampaio Corrêa/MA e Confiança/MA. Assim como nas quartas de final, a fase atual também não conta com o gol qualificado (fora de casa) como critério de desempate. Com campanhas melhores na fase de grupos, tanto a Bolívia Querida como o Náutico terão a vantagem de decidir a partida de volta em casa.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: