Beauden Barrett foi considerado o melhor jogador da vitória neozelandesa sobre a Irlanda
Beauden Barrett foi considerado o melhor jogador da vitória neozelandesa sobre a IrlandaFoto: Divulgação/RWC

Em um jogo de grande expectativa sobre as duas maiores seleções de rugby da atualidade, a Nova Zelândia bateu a Irlanda por 46 a 14 pelas quartas de final da Copa do Mundo de Rugby e selou o favoritismo histórico sobre os verdes, neste sábado (19), no Estádio de Tóquio. Com o feito, os All Blacks enfrentarão a Inglaterra na semifinal. Enquanto a Irlanda volta para casa com o gosto amargo, em mais um mundial atracado nas quartas.

O cenário do pré-jogo era dos melhores. O estádio lotado dava tons de equilíbrio ao que foi um dos duelos mais esperados desta Copa. Mas desde o início da partida, o que os fãs de rugby viram foi uma Nova Zelândia superior em todos os fundamentos. O scrum half, Aaron Smith, aproveitou o espaço deixado pelos irlandeses e marcou o primeiro “try” para os kiwis. Não demorou muito para o jogador repetir o feito, ampliando a vantagem dos All Blacks na partida.

A Irlanda, por outro lado, não demonstrou poder de reação. Os sucessivos erros de ataque e a falta de atenção na recomposição da linha de trás custou caro aos europeus, que apenas assistiram Richie Mo´unga cravar um contra-ataque imperdoável e tocar para Beauden Barrett decretar o terceiro “try” do jogo. O armador dos “homens de preto” foi considerado o melhor jogador da partida.

Leia também:

Seleção Feminina de Rugby Sevens estará em Tóquio-2020
Projeto ajuda Brasil a chegar à elite do rugby no mundo
Talleres batalha pela sobrevivência do rugby no Estado

A essa altura da partida, os verdes reviviam um antigo dilema: a Irlanda nunca conseguiu passar das quartas de final em Copas do Mundo. O tabu passou longe de ser quebrado diante dos All Blacks. Aos 28 minutos da segunda etapa, perdendo por 34 a 0, a seleção irlandesa ensaiou uma reação e marcou seu primeiro ‘touch down’ no jogo. Depois, ainda conseguiu arrancar um “try penal” (quando o jogador tem chances claras de pontuar, mas é impedido pelo adversário com falta). Mas nada que assustasse os kiwis, que ainda marcaram com Jordie Barrett e despacharam de vez os verdes da competição.

País de Gales e França, Japão e África do Sul fazem as outras duas partidas pelas quartas de final neste domingo (20). Os jogos serão transmitidos pela Espn, às 4h15 e 7h15, respectivamente.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: