Etiene foi a primeira brasileira a conquistar uma medalha no Mundial de Piscina Curta, em 2014
Etiene foi a primeira brasileira a conquistar uma medalha no Mundial de Piscina Curta, em 2014Foto: Satiro Sodré/SS Press/CBDA

Etiene Medeiros estreou com pé direito no Campeonato Mundial de Piscina Curta de Windsor, no Canadá, e se garantiu na final dos 50m costas. Atual campeã da prova, a pernambucana disputou as eliminatórias na última sexta-feira (9), quando avançou para as semifinais com a marca de 26s48, sendo a terceira melhor. No mesmo dia, brigando por uma vaga na decisão, a nadadora conseguiu melhor ainda mais esse tempo e acabou sendo a mais rápida, cravando exatos 26s.

Neste sábado (10), a partir das 20h30 (horário do Recife), ela participa da final como uma das favoritas do estilo, podendo conquistar o bicampeonato da prova, já que no Mundial de Dora-2014, ela se tornou a primeira mulher do País a arrematar uma medalha na competição.

Vale lembrar que Etiene também estava inscrita nos 50m livre e, diferente do que se havia pensado, ela decidiu nadar as eliminatórias, que também aconteceram neste sábado. A pernambucana foi a segunda melhor da sua bateria, com a marca de 24s31, avançando para a semifinal do estilo com o sétimo melhor tempo. Como tem dois compromissos importantes à noite (final e semifinal), a nadadora deixou em aberto a decisão de nadar, ou não, as duas provas. 

"Vou ver agora a minha pós-prova, como vou reagir. Então vamos sentar direito e ver o que vamos fazer. Nada me impede de nadar, da mesma forma que nada me impede de não nadar. Quero muito conquistar o bicampeonato nos 50m costas, então vou analisar tudo. Mas estar aqui no Mundial já me deixa muito feliz, é bastante importante pra mim", contou Etiene, logo após deixar a piscina, em entrevista do SporTV. 


veja também

comentários

comece o dia bem informado: