Allan deve ganhar a vaga de Arthur entre os titulares
Allan deve ganhar a vaga de Arthur entre os titularesFoto: Lucas Figueiredo/CBF

Mostrar uma imagem melhor após o decepcionante empate contra o Panamá (1x1) e testar todas as peças no último amistoso antes da convocação para a Copa América: esses são os desafios da Seleção Brasileira antes de enfrentar a República Tcheca em Praga, hoje, às 16h45 (horário de Brasília).

Leia também:
Tite admite risco ao manter Coutinho titular na Seleção
Tite tira Arthur, muda zaga e deixa Coutinho entre titulares

A Seleção, anfitriã da Copa América (que será disputada de 14 de junho a 7 de julho) quer apagar o "resultado ruim" com um "rendimento abaixo de nossas expectativas", como reconheceu o técnico Tite, que viu interrompida uma série de seis vitórias consecutivas do Brasil. Apesar de não poder contar com o lesionado Neymar, que tampouco vai jogar contra os tchecos, a Seleção abriu o placar com Lucas Paquetá aos 31 minutos de jogo, mas quatro minutos depois foi surpreendida pelo gol de Adolfo Machado.

Casemiro capitão
Para os jogadores brasileiros será a última chance de garantir uma convocação antes de Tite anunciar a lista definitiva para a disputa da Copa América.

Um dos nomes que parece ter um lugar garantido entre os escolhidos é o meio-campo do Real Madrid Casemiro, que vai voltar a usar a braçadeira de capitão como já fez diante do Panamá. O jogador já havia sido capitão da Seleção em um jogo contra a Bolívia em 2017 válido pelas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

Dessa forma, a menos de três meses da estreia do Brasil no estádio do Morumbi, em São Paulo, diante da Bolívia na abertura da Copa América-2019, parece pouco provável que os jogadores brasileiros encarem a partida como um simples amistoso.

Para a partida desta tarde, o técnico Tite promoverá algumas mudanças. No treino desta segunda-feira (25), ele mostrou que Arthur perdeu a vaga de titular para Allan, do Napoli, e que a defesa voltará a ter a sua formação titular. Philippe Coutinho, um dos mais criticados pelo seu desempenho no empate com o Panamá, continuará entre os titulares. Danilo, que completa 10 anos de carreira, Alex Sandro, Thiago Silva e Marquinhos começarão o jogo após os testes feitos no último amistoso.

Tchecos em má fase
Mas se para o Brasil o duelo representa uma oportunidade de apagar o tropeço diante do Panamá, a República Tcheca, atual 44ª do mundo, precisa se reconciliar consigo mesma e com sua torcida depois da humilhante derrota sofrida na sexta-feira passada em Wembley (5x0) na primeira partida das eliminatórias para a Eurocopa-2020.

A seleção do leste europeu só enfrentou o Brasil em uma ocasião desde a dissolução da Tchecoslováquia. Foi em 1997, nas semifinais da Copa das Confederações (vitória brasileira por 2x0). A República Tcheca não se classificou para as três últimas Copas do Mundo.

Ficha do jogo

República Tcheca
Koubek - Kaderábek, Celustka, Kalas, Novák - Gebre Selassie, Darida, Soucek, Pavelka, Jankto, Schick. Técnico: Jaroslav Silhavy

Brasil
Alisson; Danilo, Thiago Silva, Marquinhos e Alex Sandro; Casemiro; Coutinho, Allan, Paquetá e Richarlison; Roberto Firmino. Técnico: Tite.

Local: Sinobo Stadium (Rep. Tcheca)
Horário: 16h45
Árbitro: Ovidiu Hategan (Romênia)
Transmissão TV: Globo e Sportv

veja também

comentários

comece o dia bem informado: