Pedro comemora gol pelo Brasil
Pedro comemora gol pelo BrasilFoto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Sob os olhares do público pernambucano e na fase final de testes para o Pré-Olímpico – competição que dá vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 –, a seleção brasileira sub-23 venceu a Venezuela por 4x1, nesta quinta (10), nos Aflitos. Douglas Luiz, Pedro e Antony (2) marcaram os gols da Canarinho. O confronto foi o primeiro da série de dois amistosos do Brasil no estado. O próximo compromisso será segunda (14), às 16h, na Arena de Pernambuco, perante o Japão.

Assim como nos dois dias que antecederam o jogo, o estádio dos Aflitos sofreu uma queda de energia, retardando o início da partida em pouco mais de 10 minutos. Quando a luz voltou e a bola rolou, o Brasil mostrou a já esperada superioridade técnica perante os venezuelanos. Os laterais Emerson e Caio Henrique ditaram o ritmo da partida pelos lados. Em um dos vários cruzamentos na área da Venezuela, Matheus Cunha não conseguiu engatar a bicicleta, mas o volante Douglas Luiz completou o lance com um chute forte de longe para abrir o placar.

Na competição de gols bonitos, a Venezuela não deixou por menos. Aproveitando um raro lance ofensivo, Cásseres driblou dois marcadores e acertou um chute no ângulo para empatar em 1x1. Um ponto fora da curva, já que o Brasil continuou com mais posse de bola e chances perigosas. Antes do intervalo, Matheus Cunha teve a oportunidade de ampliar a lista de golaços nos Aflitos. Em lindo lançamento de Antony, o atacante dominou no peito com categoria, mas bateu para fora.

Bastou o setor ofensivo do Brasil se soltar mais em campo para a Venezuela perceber que a noite não seria de zebra. Com mais mobilidade, os atacantes confundiram os defensores adversários e construíram mais dois gols para a Seleção. Sempre com a mesma fórmula: Paulinho servindo de Garçom e Antony empurrando para as redes.

Depois de gol de fora da área e em infiltrações no meio, os brasileiros investiram nas cavadinhas. Antony e Matheus Cunha tentaram por cobertura, mas não capricharam o suficiente. A fase final do segundo tempo contou com uma série de modificações nas duas seleções. No Brasil, o técnico André Jardine aproveitou para acionar Bruno Guimarães, Pedro e Rodrygo – esse último muito pedido pela torcida. Aos 29, Antony lançou na medida para Pedro fazer 4x1 e decretar a goleada verde-amarela em Pernambuco. No final, ainda deu tempo de Mauro Júnior e Cásseres serem expulsos. 

Ficha técnica

Brasil 4

Ivan; Emerson, Luiz Felipe, Ibañez e Caio Henrique (Felipe); Douglas Luiz (Allan), Wendel (Bruno Guimarães) e Pedrinho (Mauro Júnior); Paulinho (Rodrygo), Antony e Matheus Cunha (Pedro). Técnico: André Jardine

Venezuela 1

Graterol; Bonilla, Mejía, De La Hoz e Hernández; Cássseres, Makoun, Saggiomo (Balsa) e H. Garcia (Navarro); Córdova (Garcia) e Hurtado (Lacava). Técnico: Amleto Bonaccorso

Local: Aflitos (Recife/PE)
Árbitro: Facundo Tello (ARG). Assistentes: Pablo Gonzalez e Cristian Navarro (ARG)
Gols: (Douglas Luiz, aos 23 do 1ºT), Cásseres (aos 36 do 1ºT), Antony (aos 5 e 8 do 2ºT), Pedro (aos 29 do 2ºT)
Cartões amarelos: Douglas, Wendel, Luiz Felipe (B);
Cartão vermelho: Mauro Júnior (B)
Público: 6.391 torcedores
Renda: R$ 72.340,00

Pedro comemora gol pelo Brasil
Pedro comemora gol pelo BrasilFoto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco
Brasil sub-23 goleou a Venezuela nos Aflitos, na semana passada
Brasil sub-23 goleou a Venezuela nos Aflitos, na semana passadaFoto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco
Lances de Brasil x Venezuela
Lances de Brasil x VenezuelaFoto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco
Lances de Brasil x Venezuela
Lances de Brasil x VenezuelaFoto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco
Lances de Brasil x Venezuela
Lances de Brasil x VenezuelaFoto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

veja também

comentários

comece o dia bem informado: