Alan, oposto da seleção brasileira de vôlei
Alan, oposto da seleção brasileira de vôleiFoto: William Lucas/Inovafoto/CBV

O clássico do vôlei mundial Brasil x Rússia terá mais um capítulo neste domingo (23), quando as seleções entram em quadra no último confronto da quarta semana da Fase Classificatória da Liga das Nações. A partida acontece no ginásio Aecim Tocantins, em Cuiabá (MT), a partir das 21h, com transmissão do canal SporTV 2.

O Brasil, com dez vitórias e uma única derrota, ocupa a vice-liderança do torneio, enquanto a Rússia, com nove vitórias e duas derrotas, está em quarto lugar. Se a Fase Classificatória terminasse nesta semana, ambas as equipes estariam garantidas na Fase Final, que terá como sede a cidade de Chicago, nos Estados Unidos.

O Brasil vem de um jogo complicado, neste sábado (22), diante da Alemanha, que venceu somente dois jogos em 12 disputados, mas fez uma excelente partida contra a seleção nacional. No entanto, não foi suficiente para arrancar uma vitória contra os comandados do técnico Renan Dal Zotto. O Brasil, embora acuado em alguns momentos, venceu por 3 sets a 2 (parciais de 20/25, 25/18, 21/25, 25/17 e 15/13).

Com um jogo de muita velocidade, os visitantes exploraram com maestria as bolas pelo meio e dificultaram a marcação do bloqueio brasileiro. Fora isso, defenderam muito bem e mostraram eficiência nos contra-ataques. Em determinados momentos, o Brasil esteve completamente dominado. O fator positivo foi que, quando a situação complicou, Renan teve opções para reerguer a equipe. O oposto Alan, por exemplo, saiu do banco para ser o maior pontuador do jogo, com 17 acertos. Já o levantador Fernando Cachopa deu uma oxigenada na distribuição em uma noite pouco inspirada do capitão Bruninho. “Quem está no banco não é menos importante dos que começam como titulares. Todos nós temos um conjunto forte. Eu e o Cachopa não somos tão conhecidos internacionalmente, conseguimos jogar mais soltos”, pontuou Alan.

Estão com a seleção brasileira, nesta etapa, os levantadores Bruninho e Fernando Cachopa; os opostos Wallace, Alan e Rafael Araújo; os centrais Lucão, Maurício Souza, Isac e Flávio; os ponteiros Lucarelli, Leal, Douglas, Lucas Lóh e Maurício Borges, e os líberos Thales e Maique.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: