Man City é multado por transferências irregulares de menores

Caso é semelhante do rival Chelsea, mas clube de Manchester sofreu pena mais branda

Manchester CityManchester City - Foto: Oli Scarff/AFP

A Fifa puniu nesta terça-feira com uma multa de 370.000 francos suíços (cerca de 340.000 euros) o Manchester City por ter infringido o regulamento sobre transferências de jogadores menores de idade.

O clube, atual campeão da Premier League, corria até o risco de ser proibido de fazer mais contratações. Mas a Comissão Disciplinar da Fifa explicou que levou "em conta que o Manchester City FC assumiu sua responsabilidade".

O órgão mundial do futebol explicou em um comunicado que o time inglês infringiu "entre outros, o artigo 19 do Regulamento sobre o Estatuto e a Transferência de Jogadores".

No ano passado, a Fifa absolveu o Manchester City de toda irregularidade na contratação em 2016 do argentino Benjamín Garré vindo do Vélez Sarsfield pouco depois de seu 16º aniversário.

Outro gigante do futebol inglês, o Chelsea, cumpre atualmente uma sanção por não cumprir a norma referente às transferências de menores de idade. Os 'Blues' não podem contratar durante um ano. 

Leia também:

Manchester City vence Liverpool nos pênaltis e leva a Community Shield

Premier League: United goleia Chelsea no primeiro clássico

Veja também

Keno marca três gols, Atlético-MG vence o Grêmio e se isola na liderança
Brasileirão

Keno marca três gols, Atlético-MG vence o Grêmio e se isola na liderança

CBF e clubes mantêm proibição de torcedores em jogos do Brasileirão
Protocolo

CBF e clubes mantêm proibição de torcedores em jogos do Brasileirão