Man City é multado por transferências irregulares de menores

Caso é semelhante do rival Chelsea, mas clube de Manchester sofreu pena mais branda

Manchester CityManchester City - Foto: Oli Scarff/AFP

A Fifa puniu nesta terça-feira com uma multa de 370.000 francos suíços (cerca de 340.000 euros) o Manchester City por ter infringido o regulamento sobre transferências de jogadores menores de idade.

O clube, atual campeão da Premier League, corria até o risco de ser proibido de fazer mais contratações. Mas a Comissão Disciplinar da Fifa explicou que levou "em conta que o Manchester City FC assumiu sua responsabilidade".

O órgão mundial do futebol explicou em um comunicado que o time inglês infringiu "entre outros, o artigo 19 do Regulamento sobre o Estatuto e a Transferência de Jogadores".

No ano passado, a Fifa absolveu o Manchester City de toda irregularidade na contratação em 2016 do argentino Benjamín Garré vindo do Vélez Sarsfield pouco depois de seu 16º aniversário.

Outro gigante do futebol inglês, o Chelsea, cumpre atualmente uma sanção por não cumprir a norma referente às transferências de menores de idade. Os 'Blues' não podem contratar durante um ano. 

Leia também:

Manchester City vence Liverpool nos pênaltis e leva a Community Shield

Premier League: United goleia Chelsea no primeiro clássico

Veja também

Grêmio e Palmeiras dão pontapé inicial na decisão da Copa do Brasil
Copa do Brasil

Grêmio e Palmeiras dão pontapé inicial na decisão da Copa do Brasil

De volta ao Nordestão, Salgueiro recebe Bahia, no Cornélio de Barros
Copa do Nordeste

De volta ao Nordestão, Salgueiro recebe Bahia, no Cornélio de Barros