A-A+

Mantendo titulares, Dal Pozzo cita ‘herança boa’ deixada por Goiano

Treinador disse que pretende fazer pequenos ajustes, mas sem mexer na estrutura da base do último jogo

Gilmar Dal Pozzo, técnico do Náutico Gilmar Dal Pozzo, técnico do Náutico  - Foto: Léo Lemos/Náutico

Desempenho e bons resultados. Por conta desses dois fatores, o técnico Gilmar Dal Pozzo deve optar por repetir a escalação usada no jogo contra o Treze, no último fim de semana, no Amigão, pela Série C, também diante do Confiança, sábado (25), no Batistão, pela mesma competição. A ideia, segundo o treinador, é fazer pequenas alterações no posicionamento.

“Temos mais dois treinos e há uma tendência de continuidade. Não tenho motivos para fazer trocas. O que procurei fazer essa semana foram alguns ajustes com os mesmos jogadores, com um posicionamento diferente nas ações ofensivas e defensivas para surpreender o adversário”, afirmou o técnico.

“Usamos como estratégia as linhas de marcação. Contra o Campinense, nós marcamos no campo deles, sem linha baixa. Contra o Treze baixamos a linha. Ontem foi um dia de trabalho no setor defensivo, caprichando no passe para o contra-ataque. Hoje trabalharemos as ações ofensivas. O lado direito está fluindo. O lado esquerdo é mais técnico, mas com profundidade também. Vamos trabalhar Wallace por dentro, com aproximação de Matheus e Luiz Henrique”, completou.

A opção por não mexer no time também tem outro motivo. Na visão de Dal Pozzo, o Náutico já tinha um conceito de jogo parecido com o dele durante o período em que o clube foi comandado por Márcio Goiano.

“A diretoria procurou seguir um perfil de trabalho nos técnicos. Foi uma escolha acertada não mudar o conceito de jogo de um treinador para outro. Peguei uma herança boa. Fisicamente o time está muito bem. Taticamente não fiz grandes mudanças, apenas conceitos diferentes. Ele (Goiano) gosta mais de um jogo apoiado e eu procuro um estilo mais reativo, atacando sempre com cinco, seis jogadores”, explicou.

O Náutico deve entrar em campo com Bruno; André Krobel, Sueliton, Camutanga e Josa; Jiménez, Luiz Henrique, Thiago e Odilávio; Matheus Carvalho e Wallace Pernambuco.

Leia também:
Camutanga relembra críticas e xingamento de Roberto Fernandes
Dal Pozzo busca saldo positivo entre defesa e ataque no Náutico

Veja também

Conselheiros do Santa pedem assembleia para solicitar impeachment de Joaquim Bezerra
Futebol

Conselheiros do Santa pedem assembleia para solicitar impeachment de Joaquim Bezerra

Sport anuncia rescisão contratual de Thiago Neves
Futebol

Sport anuncia rescisão contratual de Thiago Neves