Maracanã projeta sediar final da Libertadores 2020

O maior estádio do Brasil passou por grande reforma para a Copa do Mundo de 2014

O estádio completa 70 anos em 2020O estádio completa 70 anos em 2020 - Foto: Arquivo/Tânia Rego/Arquivo ABr

O governo do Rio de Janeiro oficializou a candidatura do Estádio Jornalista Mário Filho – Maracanã - para sediar a final da Copa Libertadores da América 2020. A final, que era disputada em dois jogos até o ano passado, passará a ser, a partir deste ano, decidida em apenas uma partida.

A partida decisiva da Libertadores 2019, por exemplo, será disputada no Estádio Nacional, em Santiago, no Chile.

A oficialização da candidatura do Maracanã foi entregue nessa quinta-feira (24) pelo governador do Rio, Wilson Witzel, ao presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, e ao presidente da Confederação Sul Americana de Futebol (Conmebol), Alejandro Domínguez.

Leia também:
Com festa, Ronaldinho põe pés na calçada da fama do Maracanã
Brasil pode repetir 2014 e ficar sem jogar no Maracanã
Trave da final da Copa-2014 no Maracanã é leiloada no RJ


A entrega ocorreu durante sorteio da fase de grupos da Copa América, na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca. Em 2020, o Maracanã completa 70 anos. O estádio passou por uma grande reforma para a Copa do Mundo de 2014.

O estádio já foi sede de pelo menos um dos jogos da final da Libertadores da América em três edições: em 1981 (Flamengo x Cobreloa), em 1998 (Vasco x Barcelona) e em 2008 (Fluminense x LDU).

O Maracanã também foi palco das finais das Copas do Mundo de 1950 e de 2014.

Veja também

Com série de desfalques por conta da Covid-19, Náutico visita a Ponte Preta
Futebol

Com série de desfalques por conta da Covid-19, Náutico visita a Ponte Preta

Vale o acesso à Série B: Santa recebe o Brusque, pelo duelo final do quadrangular da Série C
Futebol

Vale o acesso à Série B: Santa recebe o Brusque, pelo duelo final do quadrangular da Série C