Futebol

Marcelo Martelotte está na sua quinta passagem pelo Santa Cruz; confira o histórico do treinador

Marcelo já superou a marca de 100 jogos comandando o Tricolor do Arruda

Marcelo Martelotte, treinador do Santa CruzMarcelo Martelotte, treinador do Santa Cruz - Foto: Rafael Melo/ Santa Cruz

Assim como Roberto Fernandes no Náutico, Marcelo Martelotte chega para sua quinta passagem no Santa Cruz. As principais conquistas do treinador no comando da equipe tricolor foram o Campeonato Pernambucano de 2013 e o acesso à Série A em 2015. Confira o retrospecto completo:

Quando chegou ao Santa Cruz em 2013, Martelotte só tinha uma curta passagem como técnico principal pelo Ituano. Além do título Estadual, ele disputou a Copa do Brasil e a Copa do Nordeste naquele ano. Ao todo, Marcelo comandou o Tricolor em 27 jogos, com 16 vitórias, cinco empates e seis derrotas (65% de aproveitamento)

Ainda em 2013, Martelotte passou por Sport e Náutico. A volta ao Santa Cruz aconteceu em 2015. O treinador comandou a equipe em 30 jogos na Série B e terminou a competição com o acesso na segunda posição. Ele teve 18 vitórias, cinco empates e sete derrotas (65% de aproveitamento). Ele continuou em 2016, mas não chegou a disputar a Série A. Nesse ano, foram 15 jogos, com seis vitórias, quatro empates e cinco derrotas (48% de aproveitamento).

No segundo semestre de 2017 Martelotte retornou com uma missão difícil: manter o Santa Cruz na Série B. Em 14 jogos, o treinador só conseguiu uma vitória, teve oito empates e cinco derrotas (26% de aproveitamento). Não foi suficiente e o Tricolor foi rebaixado na 18° posição com 37 pontos.

A passagem de 2020 foi frustrante. O Santa Cruz teve um bom aproveitamento na primeira fase da Série C, chegando a embalar seis vitórias consecutivas. No entanto, a equipe não conseguiu ir bem durante o quadrangular e não conquistou o acesso. No total, Martelotte disputou 15 partidas e teve 8 vitórias, quatro empates e três derrotas (62% de aproveitamento). 

Somando as quatro passagens, Marcelo Martelotte tem 106 jogos no comando do Santa Cruz. Ele possui 51 vitórias, 28 empates e 27 derrotas (56% de aproveitamento). 
 

Veja também

"Não tem para quê ter pressa", comenta Yuri Romão sobre pagamento da Salernitana ao Sport por Mikael
Futebol

"Não tem para quê ter pressa", comenta Yuri Romão sobre pagamento da Salernitana ao Sport por Mikael

Em noite de chuva, torcedor do Sport "mergulha" na arquibancada da Ilha do Retiro; veja vídeo
Futebol

Em noite de chuva, torcedor do Sport "mergulha" na arquibancada da Ilha do Retiro; veja vídeo