Futebol

Marchiori comemora retorno de Bryan e avalia situação de Rogério no Náutico

Lateral voltou aos gramados após quase um ano; atacante está aprimorando a forma física no Timbu e permanência no clube não está descartada

Bryan, lateral do NáuticoBryan, lateral do Náutico - Foto: Tiago Caldas/CNC

As chegadas do volante Elton e dos atacantes Berguinho e Jeam não cessaram a busca do Náutico por reforços para a sequência da Série C do Campeonato Brasileiro. Ainda atento ao mercado, o Timbu ganhou nos últimos dias uma “novidade” que já estava no elenco e outra cara conhecida que pode regressar ao clube. 

Após mais de um ano parado, por conta de uma lesão no joelho, o lateral-direito Bryan jogou por alguns minutos diante do Amazonas, na derrota alvirrubra por 1x0. O resultado não foi o esperado, mas o jogador comemorou a oportunidade de retornar aos gramados. 

"Agradeço por esse momento. Passei por uma fase difícil. Só minha família sabe", disse rapidamente o atleta, após o jogo. O último confronto oficial de Bryan tinha sido contra o CSA, no dia 19 de maio, pela Série B do ano passado. O jogador, vale citar, já tinha ficado quase um ano parado entre 2021 para 2022 justamente por conta de outro problema no joelho. 

“Era importante Bryan ter esses minutos para quebrar essa ansiedade. Foram quase dois anos praticamente com uma lesão séria. Ele jogou dentro de uma normalidade incrível. Não teria maneira melhor do que voltar dentro da nossa casa. Foi muito tempo parado e ele pode ter oscilação, mas contamos muito com ele para a competição”, apontou o técnico do Náutico, Fernando Marchiori



Rogério de volta?

Dispensado recentemente pelo Remo, o atacante Rogério, de 32 anos, pediu para utilizar o Centro de Treinamento do Náutico para manter a forma física. Situação que gerou uma dúvida sobre a possibilidade de o atleta ser contratado pelo clube. Cenário que não foi descartado por Marchiori. 

“Rogério é um atleta que pediu para manter a forma física aqui, onde foi nascido e criado. Está fazendo avaliações, treinando. Tudo que tivermos para reforçar e ajudar o Náutico é bem-vindo. Estamos abertos ao mercado. Perdemos Júlio, chegaram Jeam e Rodrigo Leal, que é da base. Precisamos qualificar (o elenco) para trabalharmos”, frisou.

Rogério jogou no Náutico entre os anos de 2011 e 2013, com 26 gols marcados em 118 jogos. O atleta também passou por Porto e Sport em Pernambuco, além de atuar por Bahia, Vitória, Botafogo, São Paulo, Ceará, Juventude, Remo e equipes de fora do Brasil, como Puxas (México) e Al Dhafra (Emirádos Árabes). 

 

Veja também

Copa América: EUA estreia com vitória tranquila sobre a Bolívia
Copa América

Copa América: EUA estreia com vitória tranquila sobre a Bolívia

Palmeiras vence 5ª seguida com brilho de Estêvão, contra o Juventude
Campeonato Brasileiro

Palmeiras vence 5ª seguida com brilho de Estêvão, contra o Juventude

Newsletter