Marta é homenageada na Calçada da Fama do Maracanã

Seis vezes eleita melhor do mundo, Marta pediu apoio ao esporte brasileiro após deixar marca dos pés no local

Jogadora Marta recebe homenagem no Hall da Fama do MaracanãJogadora Marta recebe homenagem no Hall da Fama do Maracanã - Foto: Agência Brasil

A jogadora de futebol Marta, seis vezes eleita a melhor do mundo pela Federação Internacional de Futebol (Fifa), deixou a marca dos pés na Calçada da Fama, no Estádio Maracanã. A homenagem foi realizada nesta segunda-feira (10), com a presença de dezenas de jornalistas do Brasil e do exterior, além de vários fãs da atacante, que foram vê-la de perto. Após o evento, Marta pediu mais apoio do próximo governo ao esporte brasileiro.

“A gente não pode só falar do futebol feminino. Temos que falar do esporte em geral. A gente tem atletas em várias modalidades com talento enorme e que passam por muitas dificuldades, principalmente de apoio, de opção de trabalho, de manter um padrão. Para quando chegarmos a uma Olimpíada, estarmos 100% preparados. Então eu peço, em nome do esporte brasileiro, que haja políticas de incentivo, principalmente nas escolas, para a gente poder, cada vez mais, representar o nosso país e inspirar as crianças a praticar o esporte”, disse.

Leia também:
Brasil reencontrará carrasca no Mundial de futebol feminino
Futebol concentra 90% dos casos de discriminação no esporte
Melhor do mundo, Marta chora ao lembrar preconceito

Marta é a primeira jogadora de futebol a colocar os pés na Calçada da Fama, que fica exposta no Maracanã, com as marcas de jogadores famosos, como Pelé, Garrincha, Rivelino, Zico e Ghiggia, o atacante uruguaio que fez o Maracanã chorar em 1950, além de outros tantos craques que balançaram as redes no passado.

Ao ser perguntada sobre o seu futuro no futebol, Marta, que está com 32 anos, disse ainda não ter nada definido, mas que suas atividades terão a ver com o esporte. “Eu me vejo envolvida no esporte, de alguma maneira. Não sei se vou conseguir daqui a cinco anos estar jogando como Formiga (jogadora brasileira que está com 40 anos, ainda em atividade). O meu pensamento é de estar junto, ajudando de alguma maneira o esporte”, disse Marta.

A atleta conquistou medalha de ouro nos pan-americanos de 2003 e 2007 e prata nas Olimpíadas de 2004 e 2008. Segundo os dados disponíveis, pois muitos registros da seleção feminina se perderam no tempo, ela marcou 117 gols pela seleção brasileira, mais do que Pelé, que tem 95 gols com a camisa da seleção.

Veja também

Náutico perde por 2x0 para a Ponte Preta, pela Série B
Futebol

Náutico perde por 2x0 para a Ponte Preta, pela Série B

Confira, em tempo real, os lances de Santa Cruz x Brusque
Série C

Confira, em tempo real, os lances de Santa Cruz x Brusque