Futebol

Martelotte ressalta desejo de permanecer no Santa em 2021

Treinador elencou motivos que podem convencer o Tricolor a prolongar o contrato dele para a temporada vindoura

Marcelo Martelotte, técnico do Santa CruzMarcelo Martelotte, técnico do Santa Cruz - Foto: Rafael Melo/Santa Cruz

Às vésperas da eleição presidencial, o Santa Cruz segue com o futuro indefinido quanto ao planejamento da próxima temporada. Mas um ponto é concreto: o desejo do técnico Marcelo Martelotte em permanecer no clube. O profissional listou as vantagens que o Tricolor pode ter caso mantenha a comissão técnica, destacando quais erros de 2020 ficaram de lição para serem corrigidos em 2021.

“Tenho a intenção de ficar. Acredito muito na continuidade, manutenção de um trabalho de um ano para o outro. Você leva vantagem quando mantém uma base, a comissão técnica, fazendo um planejamento em cima disso. É um desejo meu continuar no clube, mas depende da eleição, do novo comando do clube. Não sei a intenção das pessoas que estão concorrendo. Não tive contato com eles”, apontou. O pleito que escolherá o novo chefe do Executivo será dia 10 de fevereiro.

Campeão pernambucano com o Santa em 2013 e técnico que comandou o clube no acesso à Série A, em 2015, o treinador frisou o passado vencedor como um dos trunfos para ganhar uma nova oportunidade em 2021.  “O motivo para permanecer é minha história no clube. O trabalho que sempre fiz aqui. O carinho, o conhecimento de pular algumas etapas que um treinador novo teria de cumprir aqui. Por tudo que está acontecendo, até pela eleição, o Santa Cruz começa um pouco atrasado. Mas entendo que uma manutenção pode facilitar o início de temporada. Eu tenho confiança no meu trabalho e acredito que poderemos ter melhores resultados em 2021”, argumentou.

Martelotte também citou qual o principal aprendizado extraído da frustração ao não conseguir levar o Santa à Série B neste ano. “Não adianta ser a melhor equipe no momento em que o campeonato não se decide. O importante é se concentrar na fase decisiva, se preparando mais, tendo uma atenção redobrada. Isso ficou claro na campanha. Por um ponto, nós não conseguimos o acesso”, finalizou. 

Antes das eleições, o técnico ainda comandará o Santa Cruz em dois jogos válidos pela pré-Copa do Nordeste, nos dias 26 de janeiro e 2 de fevereiro, contra o Itabaiana/SE. “É difícil obter informações sobre o time deles porque houve uma reformulação lá. Temos sobre os últimos jogos oficiais, mas sabemos que essas informações não serão tão úteis. Vamos utilizar o primeiro jogo até como observação”, afirmou o treinador. “Temos algumas situações a serem definidas, principalmente quanto aos jogadores que estão cansados ou com lesões. Por contrato, para esse primeiro jogo nós teremos todos à disposição. A ideia é mexer pouco, mantendo a base da equipe que jogou contra o Brusque”, completou.


 

 

Veja também

Náutico recusa proposta de R$ 1,5 milhão por Jean Carlos
Futebol

Náutico recusa proposta de R$ 1,5 milhão por Jean Carlos

Resende anuncia contratação de Cartolouco para disputa do Carioca
Futebol

Resende anuncia contratação de Cartolouco para disputa do Carioca