Santa Cruz

Martelotte se responsabiliza pela ausência de gols de Victor Rangel: 'Meu trabalho'

Técnico estuda possibilidade de atacante atuar ao lado de Mayco Félix

Marcelo Martelotte, técnico do Santa CruzMarcelo Martelotte, técnico do Santa Cruz - Foto: Rafael Melo/Santa Cruz

Em meio a uma reformulação no modo de jogar do Santa Cruz, o técnico Marcelo Martelotte busca maneiras de catalisar setores e funções através da proposta mais agressiva que pretende implementar. Naturalmente, o ataque é o principal alvo de Martelotte. Em má fase, Victor Rangel tem a presença questionada pela torcida, mas o treinador tira a responsabilidade do atleta pela seca de gols.

“O que a gente pensa nesse momento é fazer com que o time possa ajudá-lo. O meu objetivo hoje é tornar o time mais participativo no setor ofensivo, pra que a gente crie mais possibilidades pro Victor (Rangel). Eu analiso a participação dele não só pela questão individual, mas muito pela questão coletiva. A gente ainda falha no momento ofensivo, principalmente no que se diz respeito à criação de jogadas. Eu entendo que muito dessa responsabilidade pela ausência de gols é minha, é parte do meu trabalho”, declarou.

No entanto, o centroavante passa em branco antes mesmo de Martelotte assumir o cargo. Nenhuma das vezes em que o Santa balançou as redes na Série C saiu dos pés ou cabeça de Victor Rangel ou Pipico, os principais nomes da função no elenco tricolor. O primeiro não sabe o que é marcar desde 1º de março, quando fez um gol nos acréscimos da etapa final diante do Náutico, pelo Campeonato Pernambucano. 

O treinador emendou indicando a viabilidade de Mayco Felix compor uma dupla no ataque com Victor Rangel, o que iria alterar a atual distribuição do último terço que possui um centroavante e dois atacantes de lado.

"Pretendo ajudá-lo fazendo o time mais ofensivo, que tenha mais opções. Talvez uma dessas opções seja colocar o Mayco Felix junto com ele, enfim, a gente está estudando essa possibilidade para que ele tenha um companheiro mais próximo e que a gente possa criar uma situação de maior dificuldade ao adversário", pontuou.

Veja também

Gianni Infantino, presidente da Fifa, é diagnosticado com Covid-19
Futebol

Gianni Infantino, presidente da Fifa, é diagnosticado com Covid-19

Santa estende vínculo de Didira até o final da Série C com prorrogação automática
Santa Cruz

Santa estende vínculo de Didira até o final da Série C com prorrogação automática