Martine e Kahena são campeãs em evento-teste para Tóquio

Atuais campeãs olímpicas da classe 49er FX, elas venceram a disputa preparatória para os Jogos de 2020

Kahena Kunze e Martine Grael, campeãs olímpicas em 2016Kahena Kunze e Martine Grael, campeãs olímpicas em 2016 - Foto: Reprodução/Instagram

As brasileiras Martine Grael e Kahena Kunze, ambas de 28 anos, conquistaram a medalha de ouro da classe 49er FX no evento-teste das Olimpíadas de Tóquio, que foi encerrado na madrugada desta quarta-feira (21). As disputas foram realizadas no mesmo local onde acontecerão as provas olímpicas da vela no próximo ano. 

Campeãs olímpicas nos Jogos Rio-2016, Martine e Kahena chegaram à regata da medalha na segunda colocação geral, com 51 pontos perdidos - apenas um a mais do que as britânicas Saskia Tidey e Charlotte Dobson. As brasileiras terminaram em terceiro e, com o desempenho ruim das britânicas, que concluíram em sexto, garantiram o título, somando um total de 57 pontos perdidos.

Saskia e Charlotte foram ultrapassadas ainda pelas norueguesas Helene Naess e Marie Ronningen, largaram em quarto lugar e venceram a "medal race", saltando para a segunda posição com os mesmos 62 pontos das britânicas, mas tendo a seu favor a vitória na medal race.

“Na nossa Medal Race, depois de uma largada escapada, voltamos, mantivemos a serenidade e o resultado foi só recuperação! Conseguimos não só uma medalha no evento teste, como a de ouro, que deu um gostinho super especial depois dessa semana tão suada”, escreveu Martine, em uma rede social. Recentemente, Martine e Kahena foram campeãs também dos Jogos Pan-Americanos de Lima, com amplo domínio na classe 49er FX.

Leia também:
Martine Grael e Kahena Kunze garantem vaga em Tóquio-2020
Martine e Kahena são campeãs antecipadamente em teste
Referência na vela, Kahena Kunze motiva nova geração


Outras classes
O Brasil competiu em outras quatro classes nesta quarta (21), classificando atletas para as "medal races" de três. Na Laser, Robert Scheidt passou em 10º lugar, com 105 pontos perdidos - está a 40 do terceiro colocado, o norueguês Hermann Tomasgaard, e a 60 do líder da fase de classificação, Jesper Stalheim, da Suécia.

Na 470 feminina, Ana Barbachan e Fernanda Oliveira largaram para a "medal race" na sexta colocação, com 18 pontos perdidos a mais do que as líderes. Já na classe Finn, Jorge Zarif parte em oitavo, com 62 pontos perdidos a mais do que o primeiro colocado. Na 470 masculina, Gustavo Thiesen e Geison Mendes encerraram a fase de classificação em 12º lugar e estão fora da disputa por medalhas.


Veja também

Martelotte elogia adversário, mas lamenta falhas defensivas: 'Erros que precisamos corrigir'
Santa Cruz

Martelotte elogia adversário, mas lamenta falhas defensivas: 'Erros que precisamos corrigir'

Confira os gols de Santa Cruz 3x3 Jacuipense/BA, pela Série C
Santa Cruz

Confira os gols de Santa Cruz 3x3 Jacuipense/BA, pela Série C