Mauro Fernandes exige pés no chão até a decisão do PE

Técnico do Central evita deslumbre pelo fato de ter levado a Patativa à primeira final estadual de sua história

Treinador mostrou a humildade de sempreTreinador mostrou a humildade de sempre - Foto: Facebook/Central SC

O Central demorou quase um século, mas, enfim, conseguiu chegar a uma final de Campeonato Pernambucano. A tradicional equipe do interior bateu nada menos do que o Sport, na noite da última quarta-feira (21) e agora está na última etapa do Estadual. Mesmo assim, o experiente técnico Mauro Fernandes só quer comemorar mesmo com a taça na mão.

"O Sport é um gigante, mas a equipe do Central teve inteligência para jogar. Não podemos nos empolgar porque estamos indo para a final. Não adianta chegar lá e não conseguirmos o objetivo que nós temos, que é ser campeão", reforçou o treinador da Patativa, antes de se lembrar de seu início no clube.

Leia também:
Central faz história, bate o Sport e vai à final do PE
Nelsinho reclama do gramado e nega que tenha faltado raça

"Quando cheguei aqui, praticamente não conhecia o grupo de jogadores. Sempre disse a eles que tínhamos que construir uma família. Fomos procurando o melhor para cada jogador, com cada um procurando se comportar da melhor maneira. A equipe do Central foi muito equilibrada na competição. E quando isso acontece, o conjunto faz a diferença", avaliou.

Com a sua costumeira humildade, o treinador exaltou os profissionais do clube pela proeza. "Parabéns aos jogadores, comissão técnica, preparadores, departamento de fisiologia... Todos deram sua parcela de contribuição para chegarmos até aqui. Lógico que temos um grande caminho pela frente e temos que ter os pés no chão agora que chegamos à final do campeonato", recomendou.

 

 

Veja também

Sem Kleina no banco, Náutico recebe Cruzeiro pela Série B 2020
Futebol

Sem Kleina no banco, Náutico recebe Cruzeiro pela Série B 2020

Jair Ventura ressalta importância do tempo que teve para treinar o time
Futebol

Jair Ventura ressalta importância do tempo que teve para treinar o time