Maya Gabeira pode ter surfado a maior onda da história

Onda surfada pela brasileira pode ser de até 24,3 metros

Maya passa cinco meses do ano em Portugal para aproveitar as ondas gigantesMaya passa cinco meses do ano em Portugal para aproveitar as ondas gigantes - Foto: Reprodução/Facebook

Maya Gabeira quase morreu na praia de Nazaré (Portugal) em 2013. Foram aplicadas técnicas de ressurreição cardiopulmonar para reanimar a atleta que sofreu uma queda em uma onda gigante e ficou um longo tempo submersa. Pois ela voltou ao lugar e pegou aquela que pode ser a maior onda surfada da história, com 24,3 metros.

Leia também:
Vitória de John John reacende polêmica de notas no surfe
Freesurfer carioca lança campeonato feminino digital
Promessa morre ao tentar surfar onda gerada por furacão

A surfista está em Nazaré para aproveitar um swell, condição climática que resulta em ondas imensas. Como a que Maya pegou na quinta-feira e pode fazer que entre na história. A sensação foi tão boa que ela colocou várias fotos no Instagram e ainda pediu desculpas pelo grande número de posts, mas justificou que estava muito contente.

A atleta não ficou apenas na euforia e postou no Facebook um pedido para a Liga Mundial de Surfe (WSL) medir o tamanho da onda e incluir no Guinness Book a categoria feminina de onda gigante. Ocorre que se confirmar os 24,3 metros, Maya terá superado inclusive o recorde masculino que é de 24,3 metros e pertence ao americano Garrett McNamara.

Maya passa cinco meses do ano em Portugal para aproveitar a temporada de ondas gigantes. Para conseguir pegar a onda gigante, a surfista passou quatro horas no mar. Antes de ir ao mar, ela trocou de prancha. A WSL ainda não se manifestou sobre o pedido de Maya.

Veja também

Novo primeiro-ministro japonês se diz "decidido" a sediar Jogos Olímpicos apesar da pandemia
Jogos Olímpicos

Novo primeiro-ministro japonês se diz "decidido" a sediar Jogos Olímpicos apesar da pandemia

STJD nega pedido do Flamengo e mantém jogo contra o Palmeiras no domingo
Futebol

STJD nega pedido do Flamengo e mantém jogo contra o Palmeiras no domingo