Médico atualiza condição de sobreviventes de voo

Segundo o plantonista, eles evoluem bem, mas as condições exigem bastante cuidado

Nova mesa diretora da Câmara do RecifeNova mesa diretora da Câmara do Recife - Foto: Divulgação / Câmara do Recife

Em entrevista ao canal à cabo Sportv, na manhã desta quarta-feira, o médico colombiano Juan Antonio Rodriguez, chefe de plantão do Hospital San Juan Di Dios, atualizou a situação dos brasileiros que sobreviveram ao acidente aéreo envolvendo o avião que levava a delegação da Chapecoense, convidados e jornalistas até Medellín, para a primeira partida da final da Copa Sul-Americana.

No San Juan Di Dios, estão internados o jornalista Rafael Henzel e o zagueiro Neto. Segundo o médico, ambos respondem de maneira regular, apesar de as condições exigirem cuidados. “Ambos tiveram traumas pelo impacto, mas apresentaram evolução importante nas últimas 12 horas. Vamos esperar mais 48 horas para analisar o processo de melhoria do índice de oxigenação pulmonar. No caso do jogador, a condição circulatória e neurológica está respondendo de maneira adequada, ele chegou a tossir e abriu os olhos, mas continua mantido em estado de semiconsciência para evitar alterações cardiológicas. Ele ainda passará por cirurgia devido às lesões nos membros inferiores”, explicou Rodriguez.

O plantonista falou rapidamente sobre as condições do lateral Alan Ruschel e do goleiro Jackson Follman, que estão internados em outra unidade hospitalar. Follman teve a perna direita amputada em cirurgia posterior ao resgate, mas ainda tem problemas circulatórios e musculares na perna esquerda, enquanto Ruschel sofreu uma lesão na coluna. “São situações muito delicadas, que estão sendo acompanhadas.”

Veja também

Salgueiro e Afogados se enfrentam neste domingo
Futebol

Salgueiro e Afogados se enfrentam neste domingo

Central empata com Vitória da Conquista e permanece invicto na Série C
Futebol

Central empata com Vitória da Conquista e permanece invicto na Série C