Medina bate Owen Wright e fatura etapa de Teahupoo

A final contra o australiano foi decidida no último minuto, com belo tubo para Medina, que vence a sexta etapa para o Brasil

Medina durante a etapa de TeahupooMedina durante a etapa de Teahupoo - Foto: Twitter/WSL

Pela sexta vez em sete etapas realizadas no Circuito Mundial de Surfe 2018, organizado pela Liga Mundial de Surfe (WSL), deu Brasil no topo do pódio. Dono do melhor retrospecto recente em Teahupoo, o paulista Gabriel Medina mostrou mais uma vez seu excelente domínio no pico e faturou a etapa, neste domingo (19). A final, contra o australiano Owen Wright, foi vencida no minuto final por 13.50 x 12.07.

Medina abriu a decisão mandando um aéreo e completando a onda com outras manobras. Assumiu a liderança, mas viu o australiano, de quem é amigo pessoal, conseguir a virada a 15 minutos do final. A qualidade das ondas diminuiu justamente quando o brasileiro mais precisava de nota. Em uma das poucas boas oportunidades, ele arriscou outro aéreo, mas não completou a manobra e ainda perdeu a prioridade.

No último minuto, contudo, surgiu a melhor série da bateria. Owen pegou logo a primeira onda, fez algumas manobras, mas a segunda onda foi maior e proporcionou um belo tubo para Medina, que não desperdiçou e ainda emendou uma rasgada após a sessão. O brasileiro já finalizou comemorando.

A bateria foi encerrada e as notas ficaram pendentes, saindo somente alguns minutos depois com a confirmação da virada de Medina, mais uma vez campeão em Teahupoo. Em 2014, ele venceu a etapa e, posteriormente, sagrou-se campeão mundial.

Leia também:
Surfe: Medina, Italo e Filipinho avançam em Teahupoo
Filipe Toledo se machuca nos corais de Teahupoo
Julian Wilson vence primeira etapa do Mundial de Surfe
Italo Ferreira fatura primeiro título no CT em Bells Beach
Impecável, Filipe Toledo é campeão do Oi Rio Pro
Ítalo Ferreira é campeão em Bali e vira líder do Mundial
Em estreia no WSL, Willian vence etapa do Mundial de Surfe
Filipe Toledo brilha e fatura título em Jeffreys Bay

Com a vitória de Medina, são seis títulos nacionais em 2018, sendo os outros de Filipe Toledo (duas vezes), Italo Ferreira (duas vezes) e William Cardoso. A única etapa que não teve campeão brasileiro foi a de estreia, em Snapper Rocks, na Austrália, vencida pelo anfitrião Julian Wilson.

A próxima etapa do circuito será entre os dias 6 e 9 de setembro, na piscina de ondas artificiais de Kelly Slater, na Califórnia. A disputa pela lycra amarela promete esquentar a partir de agora, uma vez que Medina colou de vez no líder Felipe Toledo, e ambos estão entre os principais favoritos ao título na piscina.

Top 5 do ranking 2018

Filipe Toledo/BRA - 41,985
Gabriel Medina/BRA - 35,685
Julian Wilson/AUS - 32,380
Ítalo Ferreira/BRA - 30,160
Wade Carmichael/AUS - 26,550

Veja também

Náutico encara a Ponte Preta pela Série B; acompanhe o lance a lance
Série B

Náutico encara a Ponte Preta pela Série B; acompanhe o lance a lance

Maracanã sediou títulos e confrontos memoráveis de Palmeiras e Santos
Futebol

Maracanã sediou títulos e confrontos memoráveis de Palmeiras e Santos