Medina e John John vão à repescagem em Portgual

Principais candidatos ao título mundial desta temporada, eles perderam na estreia da penúltima etapa do ano

Projeto GeminiProjeto Gemini - Foto: Reprodução/ Adorocinema

A abertura da penúltima etapa do Circuito Mundial de Surfe 2016, em Portugal, começou recheada de zebras. Nesta terça-feira, todo o top 3 do ranking, composto pelo havaiano John John Florence, o brasileiro Gabriel Medina e o australiano Matt Wilkinson, respectivamente, acabou derrotado e caindo para a repescagem. A maré baixa e o vento oscilante na Praia de Supertubos no início da manhã prejudicou um pouco o desempenho dos atletas.

Vice-líder do ranking, Medina contou com uma ajudinha dos colegas da “Braziliam Storm” para seguir vivo na corrida pelo título. Isso porque os adversários diretos, derrotados por brasileiros, também disputarão a repescagem, sendo uma pressão igual para todos.

O primeiro dos três a cair na água foi Wilkinson, em bateria que teve o paulista Miguel Pupo como vencedor. Medina competiu na sequência, e acabou derrotado pelo local Frederico Morais. Na sequência foi a vez de John John, atual líder da temporada, que teve a faca e queijo na mão para impor mais pressão nos adversários, afinal, se conseguisse a classificação direta ao Round 3 e os concorrentes não superassem a repescagem, o havaiano teria o caminho livre para conquistar o título de 2016 de forma antecipada. Mas quem brilhou mesmo foi o potiguar Jadson André.

Filipe Toledo, que apesar de ter chances matemáticas de título sabe que na prática a situação é bem complicada, foi outro favorito a cair no Round 1, perdendo para o compatriota Wiggolly Dantas. Filipinho é o atual campeão da etapa de Peniche, com direito a nota 10 na final do ano passado.

Mas também teve favorito fazendo valer tal status. O norte-americano Kelly Slater fez a melhor nota do dia ao pegar um tubo que arrancou média 9 dos juízes. Já o atual campeão mundial, Adriano de Souza, o Mineirinho, descolou uma nota 7,30 a dois minutos para o término da sua bateria e venceu de virada.

Baterias do Round 1
1. Julian Wilson (AUS) 11,40 x Nat Young (USA) 11,77 x Kai Otton (AUS) 12,43
2. Kolohe Andino (USA) 10,76 x Keanu Asing (HAW) 9,94 x Alex Ribeiro (BRA) 7,23
3. Jordy Smith (ZAF) 12,30 x Kanoa Igarashi (USA) 11,37 x Jeremy Flores (FRA) 11,94
4. Matt Wilkinson (AUS) 7,63 x Miguel Pupo (BRA) 14,34 x Ryan Callinan (AUS) 13,20
5. Gabriel Medina (BRA) 9.76 x Conner Coffin (USA) 8.03 x Frederico Morais (PRT) 11,37
6. John John Florence (HAW) 9.94 x Jadson André (BRA) 13.20 x Miguel Blanco (PRT) 11.17
7. Filipe Toledo (BRA) 9.53 x Wiggolly Dantas (BRA) 10.94 x Adam Melling (AUS) 8.00
8. Kelly Slater (USA) 15.83 x Stuart Kennedy (AUS) 9.63 x Matt Banting (AUS) 10.77
9. Adrian Buchan (AUS) 7.84 x Josh Kerr (AUS) 15.90 x Alejo Muniz (BRA) 15.76
10. Adriano de Souza (BRA) 14.17 x Caio Ibelli (BRA) 11.24 x Jack Freestone (AUS) 13.50
11. Joel Parkinson (AUS) 14.83 x Michel Bourez (PYF) 7.90 x Davey Cathels (AUS) 12.66
12. Italo Ferreira (BRA) 15.90 x Sebastian Zietz (HAW) 14.83 x Dusty Payne (HAW) 12.27

Baterias da repescagem 

1: John John Florence (HAV) x Miguel Blanco (POR)
2: Gabriel Medina (BRA) x Ryan Callinan (AUS)
3: Matt Wilkinson (AUS) x Jeremy Flores (FRA)
4: Julian Wilson (AUS) x Alex Ribeiro (BRA)
5: Filipe Toledo (BRA) x Adam Melling (AUS)
6: Adrian Buchan (AUS) x Matt Banting (AUS)
7: Sebastian Zietz (HAV) x Alejo Muniz (BRA)
8: Michel Bourez (TAI) x Jack Freestone (AUS)
9: Caio Ibelli (BRA) x Davey Cathels (AUS)
10: Stuart Kennedy (AUS) x Dusty Payne (HAV)
11: Nat Young (EUA) x Conner Coffin (EUA)
12: Keanu Asing (HAV) x Kanoa Igarashi (EUA)

Veja também

Sem Kleina no banco, Náutico recebe Cruzeiro pela Série B 2020
Futebol

Sem Kleina no banco, Náutico recebe Cruzeiro pela Série B 2020

Jair Ventura ressalta importância do tempo que teve para treinar o time
Futebol

Jair Ventura ressalta importância do tempo que teve para treinar o time