Esportes

Medina é o surfista nacional que mais faturou em 2016

Segundo pesquisa de revista australiana, ele é o segundo entre os dez mais bem pagos

Honraria faz um tributo ao vereador decano da casa, in memorianHonraria faz um tributo ao vereador decano da casa, in memorian - Foto: Divulgação

A revista eletrônica australiana Stab Magazine publicou uma lista com o faturamento dos dez surfistas mais bem pagos de 2016. No topo da pesquisa está o atual campeão mundial, o havaiano John John Florence, com US$ 6,1 milhões (R$ 21,35 milhões).

O brasileiro Gabriel Medina aparece em segundo lugar, com US$ 5,5 milhões (R$ 19,250 milhões) acumulados. Terceiro colocado no ranking mundial, o paulista de Maresias recebeu cerca de US$ 282 mil (R$ 987 mil) em premiações. O restante advém de seus patrocinadores, que não são poucos. O outro brasileiro na lista é Filipe Toledo, que aparece em sétimo, com US$ 1.6 milhão.

A cada uma das 11 etapas do Circuito Mundial (WCT), a Liga Mundial de Surfe (WSL, em inglês) distribui US$ 100 mil (R$350 mil) para o campeão. Quem perde na estreia ou na repescagem recebe US$ 9 mil. Além dos prêmios, os atletas ainda contam com os parceiros comerciais.

Veja também

Eintracht Frankfurt bate Rangers nos pênaltis e é campeão da Liga Europa
Futebol

Eintracht Frankfurt bate Rangers nos pênaltis e é campeão da Liga Europa

Zagueiro Felipe Macedo é reprovado em exames médicos do Santa Cruz e não fecha contratação
Santa Cruz

Zagueiro Felipe Macedo é reprovado em exames médicos do Santa Cruz e não fecha contratação