Medina estreia nesta quarta no Oi Hang Loose Pro

Bicampeão mundial está na primeira bateria do Round 2 e deve cair no mar da Cacimba do Padre no final da manhã

Gabriel Medina é bicampeão no Mundial de SurfeGabriel Medina é bicampeão no Mundial de Surfe - Foto: Brian Bielmann/AFP

Principal nome do surfe nacional atualmente, o paulista Gabriel Medina, de 25 anos, é o atleta mais aguardado pelo público do Oi Hang Loose Pro Contest, que acontece em Fernando de Noronha. Bicampeão mundial e primeiro cabeça de chave do evento, ele estreia na manhã desta quarta-feira (20), contra o local de Noronha Patrick Tamberg, o costarriquenho Tomas King e a jovem aposta do Rio Grande do Norte, Mateus Sena, de 16 anos.

“Essa é a minha primeira vez em um QS 6000 e é uma oportunidade incrível, porque tem vários atletas da elite. Estou muito feliz e saber que vou pegar o Gabriel só me motiva. É meu maior ídolo, vou realizar um sonho de competir com ele e quero avançar com ele. Só de estar ali dentro d’água vai ser incrível. Estou numa fase boa e acho que o próximo round vai ser melhor ainda”, disse Mateus Sena. Os dois melhores da bateria avançarão ao Round 3.

Leia também:
Com tubo, paraibano tira primeiro 10 do Oi Hang Loose Pro
Oi Hang Loose Pro Contest começa em Noronha

Outro atleta bastante aguardado é o potiguar Italo Ferreira, top 5 do Championship Tour (CT). Ele, por sua vez, ainda aguarda a definição de todos os seus adversários e, por estar na última bateria do Round 2, só deve cair no mar na quinta-feira (21). A quinta-feira, inclusive, está sendo bastante aguardada em Fernando de Noronha devido a previsão da chegada de um swell de grande intensidade.

Estrelas
Além de Medina e Italo, há outros tops do CT no Oi Hang Loose Pro Contest, todos estreando a partir desta quarta. Por possuírem melhor ranking entre os 136 inscritos, eles já entram a partir do Round 2. São eles o francês Joan Duru, o paulista Jessé Mendes, o potiguar Jadson André, o catarinense Yago Dora, o paranaense Peterson Crisanto e o paulista Deivid Silva, que é, por sinal, o último campeão do Hang Loose Pro Contest, com o título da edição de 2017, em Maresias, São Paulo. Fora ele, outros que têm a chance de faturar o bicampeonato do evento são Miguel Pupo, último a vencer na Cacimba do Padre, em 2012, Alejo Muniz, campeão em 2011, e o espanhol Aritz Aranburu, em 2007.

Em Noronha também estão atletas que desceram do CT para o QS recentemente, como o pernambucano Ian Gouveia, o paulista Miguel Pupo, o catarinense Tomas Hermes o português Frederico Morais e o norte-americano Nat Young. Eles também estreiam a partir desta quarta e buscam boas pontuações no evento para terem uma boa largada no ranking que classificará os 10 primeiros colocados ao final do ano para o CT 2020.

Transmissão
A página oficial da Liga Mundial de Surfe (WSL) na América Latina transmite em tempo real todas as baterias do Oi Hang Loose Pro Contest. Acesse aqui.  


Veja também

Santa empata em 2x2 com o Itabaiana/SE pela pré-Copa do Nordeste
Futebol

Santa Cruz empata em 2x2 com o Itabaiana/SE

Palmeiras empata, e Santos perde antes de final da Libertadores
Campeonato Brasileiro

Palmeiras empata, e Santos perde antes de final da Libertadores