Meia diz que estilo de jogo de Dado necessitava de mais tempo de adaptação

Marco Antônio lamentou mudança precoce no comando tático, mas espera que novo técnico ajude a levantar o ânimo dos atletas

Marco Antônio elogiou conceito tático de DadoMarco Antônio elogiou conceito tático de Dado - Foto: Jedson Nobre/Arquivo Folha

O meia Marco Antônio voltou a reforçar uma tese que o próprio já havia levantado semanas atrás sobre um dos motivos que impediu o Náutico de conseguir uma sequência de resultados positivos neste início de temporada. Para o atleta, o esquema proposta pelo ex-treinador Dado Cavalcanti necessitava de mais tempo de adaptação para que os jogadores conseguissem exercer os pedidos de forma eficiente nas partidas.

“Sinceramente, eu enxergo futebol como um entendimento de encaixe de marcação, de ocupação de espaço e troca de movimentação. Disse isso para Dado e Wilton (auxiliar técnico). O conceito de jogo deles era maravilhoso, mas demanda tempo e dificilmente no Brasil existe isso. Eles chegaram com uma proposta bem definida, mas que demorava um pouco para encaixar. Dificilmente sem resultado esse tempo é dado”, afirmou o meia, voltando a lamentar a saída do profissional.

“Foi uma pena. Toda troca é traumática. Sabemos que quando um clube monta um planejamento anual, nunca se conta com a troca de técnico. A expectativa é que as coisas fluam bem na temporada. Quando não acontece isso, é porque o planejamento não foi posto em prática. Agora é saber quem vem para entender rápido até porque será jogo em cima de jogo”, reforçou.

O Timbu ainda não confirmou quem será o novo técnico para o restante do ano. Sérgio Soares e Milton Cruz são os dois nomes mais cotados para a função. Seja lá quem for o escolhido, Marco Antônio já sabe o que uma mudança no comando pode trazer de positivo ao elenco.

“Teremos um ânimo novo. Quando passamos por um momento difícil, toda mudança traz coisas novas e a gente tem que assumir a responsabilidade, colocar a cabeça no travesseiro e refletir. Apenas com trabalho vamos sair dessa fase difícil. Temos que melhorar de forma geral, como grupo e individualmente falando. Cada um deve fazer sua autocrítica, saber que pode render e se doar mais. O momento é de falar pouco e fazer muito dentro de campo”, concluiu.

Veja também

Milan apresenta Mandžukić como reforço até o final da temporada
Futebol Internacional

Milan apresenta Mandžukić como reforço até o final da temporada

Milan vence Cagliari com dois gols de Ibra e reassume liderança isolada do Italiano
Futebol Internacional

Milan vence Cagliari com dois gols de Ibra e reassume liderança isolada do Italiano