EVERTON FELIPE

Meia leonino fala sobre proposta, mas afirma que pediu para ficar

Com o objetivo de conquistar ao menos um título antes de deixar o Sport, Everton Felipe afirmou que merece um reajuste salarial

Everton Felipe é um dos que briga por espaçoEverton Felipe é um dos que briga por espaço - Foto: Flávio Japa

Cria da base leonina, o meia Everton Felipe já pode ser considerado um novato experiente. Aos 19 anos, teve um 2016 de muita oscilação, mas sempre presente no time profissional. No Brasileirão da Série A, por exemplo, atuou em 36 das 38 rodadas e chegou até a ser apontado como um dos candidatos ao prêmio de revelação da competição. Porém, as suas inconstantes atuações acabaram minando as suas chances, mas lhe renderam mais uma convocação pela seleção brasileira sub-20, no final do ano passado.

Para tristeza do jovem e da diretoria, que sonha em vê-lo cada vez mais valorizado no mercado, uma lesão no adutor da coxa direita acabou levando ao corte do atleta. Com personalidade, Everton Felipe admite que ainda oscila muito entre as partidas. “No ano passado eu oscilei bastante, me faltou uma regularidade. Fiz jogos espetaculares e outros horríveis, onde triturava a bola. Minha meta é conseguir manter um bom nível neste ano. Fiz um 2016 bom, mas não espetacular. Um ano nota 5,5 ou seis. Tenho muito a melhorar ainda”, comentou o meia/atacante.

Pela pouca idade e a qualidade já demonstrada em várias partidas pelo profissional do Sport, Everton acabou chamando a atenção de clubes do Brasil e até mesmo da Europa. As informações de bastidores neste começo de temporada davam conta que o Ajax, da Holanda, fez uma proposta para o Sport. Além dele, o Porto (Portugal) e o Hoffenheim (Alemanha) também teriam demonstrado interesse no jogador. “Eu fiquei sabendo que houve o interesse desses três clubes. Eu tenho muita vontade de atuar na Europa, mas quando o presidente Arnaldo (Barros) veio falar comigo na pré-temporada eu disse a ele que queria ficar. Sou torcedor do Sport e não ganhei nada pelo clube. Esse é o meu objetivo agora", afirmou.

Sobre o fato de ter pedido um reajuste salarial aos dirigentes da Praça da Bandeira, o jovem atleta não quis falar sobre valores. "Não gosto de me envolver nesses detalhes. Penso que eu mereço um reajuste pelo ano que fiz, mas não chego a falar de valores com ninguém. Essa é uma conversa entre o meu empresário e o clube”, finalizou.

Veja também

No Paraná, jogadores são afastados após suspeita de fraude em teste de Covid
Futebol

No Paraná, jogadores são afastados após suspeita de fraude em teste de Covid

Presidente da UEFA diz que semifinais da Liga dos Campeões não estão ameaçadas
Futebol Internacional

Presidente da UEFA diz que semifinais da Liga dos Campeões não estão ameaçadas