A-A+

'Meio a zero já faz diferença', afirma Brocador sobre jogo de sábado

Às vésperas do confronto contra o Afogados, atacante rubro-negro garante que elenco vem se cobrando para reverter má fase

Brocador, atacante do SportBrocador, atacante do Sport - Foto: Anderson Stevens / Sport Club do Recife

Neste sábado (29), o Sport volta a entrar em campo pelo Campeonato Pernambucano. Às 16h, o Rubro-negro recebe o empolgado Afogados, pela 7ª rodada, precisando dos três pontos para não correr riscos de ficar de fora do mata-mata do Estadual. Um dos lideres do elenco leonino, Hernane afirmou que o confronto contra a Coruja será o "jogo chave" para o time da Praça da Bandeira começar a sorrir em 2020.

"Esse jogo vai ser o jogo chave para mudar essa situação o mais rápido possível. O Sport precisa ganhar um jogo. Acho que meio a zero já vai fazer diferença. O momento não é bom, mas a partir do momento que ganharmos um jogo as coisas vão começar a mudar, e a confiança volta a ficar 100%. Garanto que as coisas vão mudar", declarou o camisa 9.

Em grande fase, o Afogados vem de um feito histórico no meio de semana. O time sertanejo eliminou o Atlético/MG da Copa do Brasil e chega embalado para encarar o Sport. De acordo com Hernane, os jogadores rubro-negros terão que "dobrar a vontade" para sair vencedor de campo.

"Acho que a equipe vai ter que chegar 100% confiante. Vamos ter que dobrar a vontade, porque se igualar, eu acho que vai ser pouco. Não temos que pensar na parte física. Temos que pensar em ganhar o jogo, pois essa partida pode definir nossa vida na competição."

No momento, o Sport já soma oito partidas consecutivas sem vencer na temporada. São cinco empates e três derrotas. De acordo com o centroavante, os atletas vêm se cobrando para mudar a situação da equipe. Segundo ele, o elenco deve se agarrar às críticas para começar a evoluir.

"A gente conversa bastante sobre o nosso momento. Sabemos que não está nada bom. Mas só nós podemos mudar essa história. No momento estamos na zona de rebaixamento, sabemos que a confiança não é a mesma, os gols não vêm acontecendo. A cobrança é grande, e eu particularmente me cobro bastante. Não falta vontade, mas infelizmente as coisas não vêm acontecendo. Estamos acreditando nas críticas, e isso pode estar atrapalhando um pouco. Temos que pegar essas críticas e fazer de incentivo para mudar essa história o mais rápido possível", falou Brocador.

Veja também

Após três viradas seguidas, Hélio afirma não gostar de buscar o resultado: "Quero sair na frente"
NÁUTICO

Após três viradas seguidas, Hélio afirma não gostar de buscar o resultado: "Quero sair na frente"

Com três de Firmino e pintura de Salah, Liverpool goleia Watford
FUTEBOL INGLÊS

Com três de Firmino e pintura de Salah, Liverpool goleia Watford