Futebol

Mesmo sem torcida, Santa aposta no histórico do Arruda em jogos valendo acesso

Em 2005, 2011 e 2013, o Tricolor subiu de divisão ao fazer os duelos decisivos no José do Rego Maciel

Arruda, sem público em jogo do Santa CruzArruda, sem público em jogo do Santa Cruz - Foto: Alexandre Aroeira / Folha de Pernambuco

Arruda e jogo decisivo valendo acesso: uma combinação que traz boas recordações ao Santa Cruz. Nos três momentos mais recentes em que o Tricolor teve uma partida valendo vaga na divisão seguinte, o estádio era o mesmo. Assim como neste domingo (17), em que o José do Rego Maciel será palco do embate diante o Brusque/SC, pelo Grupo C do quadrangular da Série C do Campeonato Brasileiro. O dia que pode decretar o retorno da Cobra Coral à Série B.

Dois pontos precisam ser abordados inicialmente. Primeiro, o recorte leva em conta apenas torneios com mata-mata ou quadrangular, não integrando, por exemplo, pontos corridos. Ou seja, não foi adicionado o acesso de 2015, à Série A, conquistado rodadas antes do fim da competição. Outro detalhe é que, diferente dos casos que serão citados, o do presente não terá a presença do 12º jogador dos tricolores, a torcida. Por conta de medidas de segurança, os jogos de futebol seguem sem público durante o período da pandemia da Covid-19. 

Em 2005, no quadrangular final da Série B, valendo o acesso à elite nacional, o Santa Cruz encarou a Portuguesa, no Arruda, na rodada final. Com dois gols de Reinaldo, o Tricolor venceu por 2x0 e subiu de divisão.

Seis anos depois, novo acesso comemorado em casa. Desta vez, em um cenário diferente. O Santa tinha acumulado rebaixamentos seguidos e estava na Série D. Perante o Treze, no mata-mata que valia o acesso, os pernambucanos empataram em 3x3, na Paraíba, e ficaram no 0x0, no Arruda. Suficiente para sair do calvário da quarta divisão.

Na campanha do título da Série C 2013, o Santa Cruz fez todos os jogos decisivos no Arruda. Contra o Betim, partida decisiva para o acesso à Série B, o Tricolor já havia vencido na ida, por 1x0. Na volta, com quase 60 mil pagantes, os pernambucanos ganharam por 2x1. 

Cálculos

Para disputar a Série B da edição seguinte, o Santa precisa vencer o Brusque e torcer por um empate entre Ituano/SP e Vila Nova/GO ou um triunfo dos paulistas por margem igual ou menor a dos pernambucanos. Se os goianos ganharem, o Tricolor ficará mais um ano na Série C. A Cobra Coral tem cinco pontos na tabela e poderá subir apenas se chegar aos oito. Na história, apenas dois clubes conseguiram o acesso finalizando o quadrangular com oito pontos: o Juventus-SP, em 1997, e o São Caetano, em 1998.

Veja também

Algoz de Vasco e Bahia, Defensa y Justicia conquista Copa Sul-Americana
Futebol

Algoz de Vasco e Bahia, Defensa y Justicia conquista Copa Sul-Americana

Confira a vitória do Flamengo sobre o São Paulo por 79 a 71 na final da Copa Super 8
Basquete

Confira a vitória do Flamengo sobre o São Paulo por 79 a 71 na final da Copa Super 8