Messi faz 3, Neymar também marca e Barça goleia City de Guardiola

Com a vitória, o Barça está em ótimas condições de garantir o topo da chave e a classificação às oitavas de final

STAR WARS: A ASCENSÃO SKYWALKER STAR WARS: A ASCENSÃO SKYWALKER  - Foto: Reprodução/ Adorocinema

Na partida mais esperada da rodada da Liga dos Campeões, o Barcelona venceu por 4 a 0 o Manchester City, com direito a atuação de gala do argentino Lionel Messi, autor de três gols, e voltou a azedar mais um retorno de Pep Guardiola ao Camp Nou.

Nos dias anteriores ao tão esperado duelo, todas as atenções estavam centradas na volta de Guardiola, hoje no City à cidade e ao estádio onde começou a carreira de jogador e, em seguida, treinador.

O técnico já havia retornado a Barcelona uma vez no passado como técnico de outra equipe, em maio de 2015, quando seu Bayern de Munique foi dominado por 3 a 0 pelo time de Luis Enrique, nas semifinais da Champions. Assim como no duelo entre Bayern e Barça, quem acabou roubando as atenções foi o melhor jogador do mundo Lionel Messi.

Em 2015, o craque argentino acabou com o jogo de volta, anotando dois gols, um deles uma pintura com direito a 'entortada' histórica sobre o zagueiro Jerome Boateng. Nesta quarta-feira Messi voltou a fazer a diferença. Não teve entortada, mas teve três gols.

Aos 17 minutos de jogo, aproveitou tropeço do brasileiro Fernandinho dentro da área para driblar o ex-companheiro Claudio Bravo e chutar sem goleiro. No segundo tempo, aos 16, Messi recebeu de Iniesta na entrada da área e chutou colocado, como lhe é característico e, sete minutos depois, recebeu passe perfeito de Luis Suárez para marcar sem goleiro.

Messi ainda se mostrou generoso com Neymar, deixando o brasileiro cobrar pênalti sofrido pelo argentino a cinco minutos do apito final, mas Caballero defendeu. Neymar acabou se redimindo aos 44, driblando dois defensores do City e chutando colocado para selar a goleada. Messi disparou na artilharia desta edição da Champions, com seis gols, somando 89 na carreira no torneio.

Nesse quesito, o argentino segue atrás do rival português Cristiano Ronaldo, que passou em branco na vitória do Real Madrid sobre o Legia Varsóvia (5-1), mas ainda é o artilheiro absoluto, com 96 gols.

A vitória diante de seu principal adversário pela primeira colocação do grupo C da Champions acabou colocando o Barça em ótimas condições de garantir o topo da chave e a classificação às oitavas de final.

O Barcelona segue com campanha perfeita, com 9 pontos em três jogos, cinco a mais que o City, segundo colocado. A terceira posição pertence ao Borussia Monchengladbach, que somou os três primeiros pontos ao vencer em Glasgow o Celtic por 2 a 0, gols de Lars Stindl e André Hahn.

Na próxima rodada, Guardiola e o City terão a oportunidade de se vingar da goleada sofrida diante do Barça. No dia 1º de novembro, Messi, Suárez e Neymar e companhia visitam os 'Citizens' na Inglaterra e um empate será suficiente para classificar o time catalão ao mata-mata da Champions.

Veja também

Jorge Henrique se responsabiliza por lesão de lateral do Cruzeiro e posta pedido de desculpas
Náutico

Jorge Henrique se responsabiliza por lesão de lateral do Cruzeiro e posta pedido de desculpas

Gianni Infantino, presidente da Fifa, é diagnosticado com Covid-19
Futebol

Gianni Infantino, presidente da Fifa, é diagnosticado com Covid-19