Meta do Sport é fechar defesa para escapar da degola

Leão tem o terceiro pior sistema defensivo do Brasileiro, ficando atrás apenas do Atlético/GO e Vitória

Daniel reestreou com derrota no LeãoDaniel reestreou com derrota no Leão - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Reta final de temporada e não são poucos os problemas que o Sport precisa consertar para só assim evitar a tragédia de um rebaixamento após quatro anos seguidos disputando a elite do futebol brasileiro. Entre alguns de médio a longo prazo, o mais imediato e possível é o sistema defensivo.

Leia também
Erros que deixaram o Sport à beira do abismo em 2017
Com dois pênaltis perdidos, Sport perde para o Coritiba

Terceira pior defesa da Série A, à frente apenas de Atlético/GO e Vitória, lanterna e vice-lanterna, o perigo constante na retaguarda leonina vem desde o começo da temporada. Em 72 jogos disputados em 2017, a equipe levou 88 gols, com uma pífia média de 1,22 gols tomado por partida.

Nos últimos três jogos, por exemplo, contra Atlético/PR, Júnior Barranquilla/COL e Coritiba, foram oito tentos sofridos, com os adversários explorando as mais diferentes falhas do time.

Talvez pensando neste setor vulnerável, o treinador interino Daniel Paulista resolveu levar todos os cinco zagueiros do elenco para a Colômbia, incluindo Néris, que ainda nem estreou com a camisa rubro-negra. Além dele, Ronaldo Alves, Henriquez, Durval e Igor estão à disposição para o jogo de amanhã contra o Júnior Barranquilla/COL, no estádio Metropolitano.

Em desvantagem pelo 2x0 aplicado na Ilha do Retiro e com a diretoria já tendo praticamente jogado a toalha sobre a classificação para as semifinais da Copa Sul-Americana, o comandante leonino pode estar pensando em evitar um vexame maior em terras colombianas. Inclusive, Thomás é o único meia presente na delegação rubro-negra.

Entre os desfalques, estão vetados o lateral-direito Raul Prata, o volante Rithely, o meia Diego Souza e o atacante Rithely. O volante Wesley e o atacante Osvaldo já atuaram por outros clubes na competição e não podem mais jogar por outra agremiação.

Não bastassem os problemas defensivos, Daniel Paulista ainda terá que conseguir dosar o cansaço dos seus jogadores para outro confronto importante: o de domingo, contra a Chapecoense, também fora de casa. Com o seu foco todo voltado para se salvar do rebaixamento, o Leão irá viajar mais de 15 mil quilômetros no total somente nesta semana, da Colômbia a delegação segue para Chapecó, precisando se reabilitar da derrota em casa, contra o Coritiba, no último domingo.

Para o duelo contra os catarinenses, o zagueiro Ronaldo Alves e o lateral-direito Samuel Xavier cumprem suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Como boas notícias, a expectativa do Departamento Médico é que Diego Souza, André e Osvaldo atuem normalmente. Já Raul Prata e Rithely ainda são dúvida.

Veja também

Hélio elogia força do lado direito em vitória
Futebol

Hélio elogia força do lado direito em vitória

Náutico goleia Oeste por 4x1, nos Aflitos, e se distancia do Z4
Futebol

Náutico goleia Oeste por 4x1, nos Aflitos, e se distancia do Z4