Michael Jordan doa US$ 1 milhão às Bahamas após furacão

O ex-jogador do Chicago Bulls é dono do Charlotte Hornets e se solidarizou com as vítimas do desastre natural

Furacão matou dezenas de pessoas nas BahamasFuracão matou dezenas de pessoas nas Bahamas - Foto: Brendan Smialowski/AFP

O legendário Michael Jordan doará um milhão de dólares para ajudar as Bahamas, que foi atingida pelo furacão Dorian, disse seu porta-voz nesta terça-feira (10). Em um comunicado no Twitter, Jordan, dono da equipe da NBA Charlotte Hornets, disse que está "devastado" pela destruição causada pelo furacão Dorian no arquipélago caribenho.

Pelo menos 50 pessoas morreram e milhares precisaram ser evacuadas das Bahamas. "Estou devastado ao ver a destruição que o furacão Dorian trouxe às Bahamas, onde tenho uma propriedade e visito com frequência. Meu coração está com todos os que sofrem e com os que perderam seus entes queridos", declarou Jordan ao anunciar sua doação.

Leia também:
Jogo do Brasil em Miami vai ajudar vítimas de furacão
Furacão obrigou seleção a improvisar nos EUA


Jordan disse que seu objetivo era distribuir recursos a agências sem fins lucrativos na região onde o dinheiro "terá o maior impacto". "O povo das Bahamas é forte e resistente, e espero que minha doação ajude enquanto trabalham para se recuperar dessa tempestade catastrófica", acrescentou.

Veja também

Aliviado, Kleina vê vitória como fator para 'readquirir confiança'
Náutico

Aliviado, Kleina vê vitória como fator para 'readquirir confiança'

Sai, zica! Náutico encerra jejum e bate Oeste fora de casa
Série B

Sai, zica! Náutico encerra jejum e bate Oeste fora de casa