Mineirinho e Medina avançam em Saquarema, e Silvana é eliminada

Brasileiros se classificaram para a quarta fase da etapa brasileira do WSL prevista para ser disputada neste sábado

Mineirinho em uma bateria do Oi Rio Pro, em SaquaremaMineirinho em uma bateria do Oi Rio Pro, em Saquarema - Foto: Damien Poullenard/WSL

Dois dos principais candidatos brasileiros ao título da etapa do Mundial de Surfe de Saquarema (100 km do Rio de Janeiro), Adriano de Souza, o Mineirinho, e Gabriel Medina, campeões do mundo em 2014 e 2015, venceram suas baterias da terceira rodada nesta sexta-feira (12), e avançaram para a quarta fase do campeonato, que deve ser disputada neste sábado (13).

Também brasileiro, Wiggolly Dantas conseguiu uma nota geral de 18,27, valor bastante alto, e também passou de fase. Mineirinho enfrentou o compatriota Ian Gouveia em bateria marcada por manobras de muita força, com "rasgadas" firmes e alguns "floaters", quando o surfista desliza na crista da onda. O paulista conseguiu uma nota 7,17, outra 8,50, e venceu Gouveia (12,33 no total).

"Estou feliz de ter passado, mas, infelizmente, foi contra um brasileiro que está arrepiando, o Ian Gouveia. O mar vai subir, então eu espero surfar altas ondas nas próximas fases aqui", disse.

Medina mostrou-se totalmente recuperado da lesão que sofreu no joelho na primeira etapa, na Austrália, e eliminou o australiano Bede Durbidge. Em sua manobra mais plástica, Medina executou série de "rasgadas" e deu aéreo com rotação completa. Ele conseguiu 14,30 pontos e eliminou o australiano Bede Durbidge.

"O mar está difícil para todo mundo, tem uma correnteza ali que está dificultando para acharmos a posição. Não dá para saber se a onda é boa ou ruim, e aí às vezes você perde a prioridade na tentativa de pegar uma onda e desistindo. Foi o que aconteceu com o Bede contra mim () Mas deu certo na base da empolgação", disse Medina.

Wiggolly Dantas, campeão da Qualifying Series (segunda divisão do surfe) de Saquarema em 2014, teve a maior somatória de pontos de uma bateria na competição, com um 9 e um 9,27. As notas foram construídas com "rasgadas" firmes contra as ondas da praia de Itaúna, e levaram à eliminação do havaiano Sebastian Zietz.

Nesta sexta-feira (12), os brasileiros Filipe Toledo, Caio Ibelli, Jadson André e Yago Dora ainda devem disputar suas baterias da terceira fase. A brasileira Silvana Lima perdeu a bateria de repescagem para a australiana Keely Andrew e foi eliminada da etapa de Saquarema.

Veja também

Algoz de Vasco e Bahia, Defensa y Justicia conquista Copa Sul-Americana
Futebol

Algoz de Vasco e Bahia, Defensa y Justicia conquista Copa Sul-Americana

Confira a vitória do Flamengo sobre o São Paulo por 79 a 71 na final da Copa Super 8
Basquete

Confira a vitória do Flamengo sobre o São Paulo por 79 a 71 na final da Copa Super 8