Missa pelas vítimas de queda de avião lota catedral em Chapecó

A maioria usa a camisa do time de coração da cidade. O padre e pároco, Igor Damo, comanda a missa em homenagem ao time.

Paulo Câmara disse ao longo da campanha que foi aliado de primeira hora de Fernando HaddadPaulo Câmara disse ao longo da campanha que foi aliado de primeira hora de Fernando Haddad - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

A catedral de Santo Antônio, em Chapecó (SC), não foi grande o suficiente para receber tantos torcedores da Chapecoense, em luto pela queda do avião na Colômbia que matou jogadores e jornalistas. Parte dos fieis ficou para fora do dentro na missa na noite desta terça-feira (29).

A maioria usa a camisa do time de coração da cidade. O padre e pároco, Igor Damo, comanda a missa em homenagem ao time. Ele é um dos mais tradicionais torcedores do time. Pela manhã, esteve no vestiário da Arena Condá para tentar confortar os familiares que se concentram no espaço em busca de notícias.

Depois da missa, iniciada às 18h45, haverá uma passeata até a Arena Condá.

Ao longo do dia, torcedores se acumularam no estádio, e depositaram velas e flores na entrada da arena. Em diversas ocasiões, cantaram o hino do time e rezaram pai-nosso.

O governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo (PSD), decretou luto oficial de três dias no Estado –já a prefeitura decretou 30 dias em memória às vítimas.

Veja também

Com classificação encaminhada, Martelotte garante seriedade: "Não vamos relaxar nem desconcentrar"
Santa Cruz

Com classificação encaminhada, Martelotte garante seriedade: "Não vamos relaxar nem desconcentrar"

Santa Cruz vence Botafogo/PB por 1 a 0 e alcança marca histórica de 27 pontos na competição
Série C

Santa Cruz vence Botafogo/PB por 1 a 0 e alcança marca histórica