Morre Valdir Espinosa, ex-técnico do Santa Cruz e campeão mundial pelo Grêmio

Em 2006, o técnico teve uma curta passagem pelo Santa Cruz, onde treinou o tricolor do Arruda por seis jogos

Espinosa ocupava cargo no Botafogo (RJ)Espinosa ocupava cargo no Botafogo (RJ) - Foto: Vitor Silva/Botafogo

O ex-treinador Valdir Espinosa morreu na manhã desta quinta-feira (27), no Rio de Janeiro, em decorrência de complicações pós-operatórias no abdômen. Nascido em Porto Alegre, Espinosa tinha 72 anos e havia passado por um procedimento cirúrgico no intestino no último dia 17. Espinosa chegou a sair do hospital, mas no dia 20 precisou ser internado novamente, passou por nova operação e não resistiu.

Leia também:
Morre Mário Juliatto, ex-técnico de Sport, Náutico e Santa
Venda de ingressos é iniciada para Santa x Náutico
Diego Souza é anunciado como novo reforço do Grêmio


O ex-jogador e treinador acumulou passagens por clubes nacionais e internacionais. Em 2006, teve uma curta passagem pelo Santa Cruz, onde treinou o tricolor do Arruda por seis jogos. Espinosa viveu seu melhor momento como treinador em 1983, quando se sagrou campeão da Libertadores e da Copa Intercontinental, o mundial interclubes da época. Atualmente, Espinosa ocupava o cargo de gerente de futebol do Botafogo, clube onde foi campeão carioca como técnico, em 1989, de forma invicta. 

Veja também

Esquerdinha cita experiência como trunfo em retorno ao SantaFutebol

Esquerdinha cita experiência como trunfo em retorno ao Santa

Presidente eleito do Náutico, Diógenes Braga só não pode mais errar como neste anoBlog Que Golaço

Presidente eleito do Náutico, Diógenes Braga só não pode mais errar como neste ano