Moscou reúne voluntários para marcar 100 dias da Copa

Organizadora do torneio, Fifa fez vídeo especial com ex-jogadores fazendo embaixadinhas até totalizar a marca

Voluntários celebram os 100 dias para a CopaVoluntários celebram os 100 dias para a Copa - Foto: Reprodução/Twitter

Com termômetros marcando 11 graus negativos e sensação térmica de -17, Moscou celebrou nesta terça-feira (6) a marca de 100 dias para a abertura da Copa do Mundo, em 14 de junho.

O principal ponto de celebração foi o parque VDNH, ao norte da capital. Lá, às 18h locais (12h de Brasília), mesmo horário que Rússia e Arábia Saudita se enfrentarão no estádio Lujniki, cerca de mil voluntários se reuniram em uma pista de patinação a céu aberto para um flashmob e para dar início a parte final da contagem regressiva.

Com muita música e dança encararam o frio. Depois soltaram balões azuis, vermelhos e brancos -cores da bandeira russa- para celebrar a data. No palco, autoridades e embaixadores da cidade fizeram discursos.

O mascote Zabivaka também marcou presença. Ele foi atração, requisitado para inúmeras fotos.

Durante todo o dia de frio, o relógio localizado nas proximidades da Praça Vermelha, foi atração para turistas. Muitos queriam registrar os 100 dias apontados no objeto.

Nas outras dez cidades-sede também houve eventos para celebrar a data.

Lendas

Para marcar os 100 dias, a Fifa fez ainda um vídeo especial com diversos ex-jogadores fazendo embaixadinhas até totalizar 100. Ronaldo e Maradona participaram.

O vídeo termina no Kremlin, com Vladimir Putin, presidente da Rússia, e Gianni Infantino, presidente da Fifa, trocando passes.

Veja também

Afogados empata em casa com o Guarany/CE
Série D

Afogados empata em casa com o Guarany/CE

Milan estreia na fase de gupos da Liga Europa com vitória sobre Celtic
FUTEBOL

Milan estreia na fase de gupos da Liga Europa com vitória sobre Celtic