Mundial de Vôlei: Sérvia impõe primeiro revés ao Brasil

Seleção brasileira feminina foi derrota por uma imponente Sérvia, por 25/21, 25/18 e 25/29, nesta segunda (1)

Seleção feminina de vôlei no Campeonato Mundial Seleção feminina de vôlei no Campeonato Mundial  - Foto: Divulgação

Depois de duas vitórias tranquilas contra Porto Rico e República Dominicana, equipe sem tanta expressão técnica, a seleção brasileira feminina sofreu sua primeira derrota no Campeonato Mundial de Vôlei nesta segunda-feira (1). Diante da Sérvia, o grupo nacional viveu seu primeiro grande teste no certame e acabou derrotado por 3 sets a 0 , parciais de 25/21, 25/18 e 25/19. Com o resultado, as sérvias somaram três pontos e foram a nove, se isolando na liderança do Grupo D. As brasileiras estão em segundo, com seis.

Embora não perdesse um jogo pela fase de grupos do Mundial de Vôlei desde 2000, quando sofreu um revés para os Estados Unidos, a seleção brasileira não deve ter maiores problemas por causa da derrota desta segunda. Isso porque a Sérvia era a adversária realmente mais complicada do Grupo D, e o time nacional deve confirmar sem maiores sustos o favoritismo diante de Quênia e Cazaquistão. O próximo compromisso da seleção brasileira será na quarta-feira (3), contra o Quênia, a partir das 7h20. Na quinta (4), no mesmo horário, a equipe encerra a primeira fase contra o Cazaquistão.

Leia também:
Brasil passa fácil por Porto Rico em estreia no Mundial
Mundial: Brasil bate República Dominicana e segue invicto
Mundial de Vôlei: seleção estreia visando título inédito

Na partida desta segunda (1), a Sérvia errou na mesma proporção em que pontuou. Coletivamente, as europeias marcaram 69 pontos, sendo 55 deles só no ataque. Em contrapartida, forneceram quase um set inteiro de pontos ao Brasil em erros - foram 23 ao longo do jogo. Ainda assim, foram dominantes durante toda a partida. Os números são um reflexo do jogo agressivo da Sérvia, que forçou bastante o saque e usou e abusou da potência da ponteira Mihajlovic e, principalmente, da oposta Boskovic, maior pontuadora com 23 acertos.

O Brasil, por sua vez, não soube aproveitar os erros das adversárias. A seleção errou pouco, somente seis lances perdidos, mas não conseguiu encaixar seu jogo. Faltou volume no fundo de quadra, faltou mais presença do bloqueio e poder de decisão nas viradas de bola, além de um saque que incomodasse a linha de passe das adversárias, que jogaram tranquilas. Em um dia ruim, Tandara marcou somente nove pontos. Ainda assim, foi a maior pontuadora da seleção, o que reforça a dependência que a equipe tem da sua oposta.

   Formato

 

Mundial de Vôlei feminino tem formato semelhante ao do torneio masculino. Os 24 times disputam a primeira fase divididos em seis grupos, dos quais somente os quatro primeiros avançarão. Depois, serão formados outros dois grupos, só que com oito times em casa. O Grupo A se juntará ao D formando o Grupo E; e os classificados do B e do C comporão o F. As três primeiras seleções desses novos grupos irão à terceira fase, na qual serão definidas as semifinalistas. 

O Grupo B é o mais forte da primeira fase, com Itália, Turquia e China brigando pela liderança, além de Canadá e Bulgária, que devem disputar a quarta vaga. No A estão Alemanha, Argentina, Camarões, Holanda, Japão e México. Já o C conta com Azerbaijão, Coreia do Sul, Estados Unidos, Rússia, Tailândia e Trindad & Tobago.

A seleção brasileira não deve ter dificuldades para chegar à terceira fase do Mundial de Vôlei, uma vez que, teoricamente, a Sérvia é a única adversária que poderá dar trabalho nesse momento inicial. Na segunda fase, o cruzamento com o Grupo A também é favorável, já que as maiores forças devem ser Holanda, Japão e Alemanha, equipes que o Brasil tem bom retrospecto. A Sérvia novamente deve ser a pedra no sapato. O Grupo F é que ganhará contornos de "grupo da morte", com Estados Unidos, China, Rússia, Itália e Turquia brigando por três vagas. 

   Tabela – Primeira fase

29.09 (sábado) – Brasil 3x0 Porto Rico
30.09 (domingo) – Brasil 3x0 República Dominicana 
01.10 (segunda-feira) – Brasil 0x3 Sérvia 
03.10 (quarta-feira) – Brasil x Quênia às 7h20 (Horário de Brasília) – SporTV 2
04.10 (quinta-feira) – Brasil x Cazaquistão às 7h20 (Horário de Brasília) – SporTV 2

Veja também

"Vou pensar se saio ou se fico", diz Felipão após livrar Cruzeiro da Série C
Futebol

"Vou pensar se saio ou se fico", diz Felipão após livrar Cruzeiro da Série C

Empresário Josenildo Dody confirma pré-candidatura à presidência do Santa Cruz
Eleições

Empresário Josenildo Dody confirma pré-candidatura à presidência do Santa Cruz