Nadal volta a liderar o ranking da ATP mesmo sem atuar

Lesionado desde o dia 19 de janeiro, Rafael Nadal foi beneficiado pelo tropeço do então número 1, Roger Federer, e reassumiu a liderança da lista da ATP.

Rafael NadalRafael Nadal - Foto: AFP

O espanhol Rafael Nadal, de 31 anos, retornou à liderança do ranking mundial da ATP nesta segunda-feira (2). Mesmo sem jogar uma partida oficial desde a segunda quinzena de janeiro, quando abandonou o Aberto da Austrália devido a uma lesão na coxa direita, Nadal se beneficiou do tropeço do então líder Roger Federer. Eliminado em sua estreia no Masters 1000 de Miami, o suíço deixou o caminho livre para Nadal reassumir o posto.

Será a 168ª semana do espanhol na ponta da classificação da ATP. Dessa forma, ele vai se aproximando cada vez mais do norte-americano John McEnroe, que liderou o ranking por 170 semanas. Apenas cinco jogadores conseguiram ficar mais tempo que isso na liderança: Federer (309), Pete Sampras (286), Ivan Lendl (270), Jimmy Connors (268) e Novak Djokovic (223).

Para manter essa posição nas próximas semanas, contudo, Nadal terá de suar bastante. Isso porque ele tem 4.680 pontos somados na temporada do saibro do ano passado e terá de defendê-los neste ano. Nadal foi campeão do ATP 500 de Barcelona, dos Masters 1000 de Monte Carlo e Madri e do Grand Slam de Roland Garros, além de quadrifinalista no Masters 1000 de Monte Carlo. Como a diferença para o suíço é de somente 100 pontos (8770 x 8670), Nadal não pode cometer deslizes nos próximos eventos.

Leia também:
Nadal volta a defender Espanha na Copa Davis
Lesão tira Nadal dos Masters 1000 de Indian Wells e Miami
Nadal abandona jogo e Cilic avança à semi em Melbourne

A primeira vez que Nadal assumiu a liderança do ranking da ATP foi aos 22 anos. Foram 46 semanas entre os dias 18 de agosto de 2008 e 5 de julho de 2009. Voltou ao topo em 7 de junho de 2010, figurando como número 1 por 56 semanas, até o dia 3 de julho de 2011. Nadal passou mais de dois anos para retornar à posição, o que aconteceu em 7 de outubro de 2013. Foram 39 semanas até a atualização de 6 de julho de 2014. No ano passado, Nadal voltou a liderar o ranking, calando muitos críticos que o consideravam quase aposentado após sucessivas lesões. Com um jogo reinventado, Nadal reassumiu o topo em 21 de agosto de 2017, ficando até 18 de fevereiro de 2018, quando foi ultrapassado por Federer. 

Veja também

Alemanha volta a proibir presença de público em eventos esportivos
Covid-19

Alemanha volta a proibir presença de público em eventos esportivos

Neymar sente lesão durante jogo do PSG pela Liga dos Campeões
Futebol

Neymar sente lesão durante jogo do PSG pela Liga dos Campeões