‘Não invento’, diz técnico sobre mudanças no Náutico

Roberto Fernandes explicou situações em que tem precisado improvisar atletas para compor time do Náutico e aproveitou para rebater críticas

Roberto Fernandes, técnico do NáuticoRoberto Fernandes, técnico do Náutico - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Antes de começar a responder as perguntas na entrevista coletiva desta sexta (4), no CT Wilson Campos, o técnico Roberto Fernandes aproveitou o espaço para desabafar. O profissional vem recebendo críticas de parte da torcida do Náutico por conta das modificações realizadas no time titular. “Não estou inventando”, se defendeu.  

“Trouxe um campo magnético para discutir tática. Quero saber onde estou inventando. Vocês que estão no dia a dia do clube tem essa oportunidade de acompanhar o trabalho. Mas quando você não tem e faz uma crítica sem saber o que está acontecendo simplesmente por escalação... A crítica pela crítica, pelo momento não ser bom, não sei até onde é um desserviço ao futebol pernambucano”, afirmou o técnico.

“Estamos com sérios problemas de administração do clube. Procuramos reforçar a equipe e eles não chegaram aptos para jogar. Tivemos que antecipar estreias e com isso eles não começaram no melhor da condição. Tivemos muitas lesões por conta do número de jogos ao longo da temporada. Muitas vezes não temos muita ou nenhuma opção. O resultado não vem e se coloca que você está inventando. Não estou inventando, mas sim trabalhando para caramba. Não existe problema no elenco, mas sim momento de dificuldade. Todo time passa por isso”, completou.

Leia também:
Problemas, pressão e metas: Roberto analisa semana no Náutico
Sem Ortigoza, Wallace deve voltar a ser usado no ataque

Para exemplificar a situação, Roberto citou a dificuldade que tem encontrado para preencher a lateral direita, já que os dois nomes da posição estão machucados (Thiago Ennes e Bryan) e a outra peça chegou nesta semana (Jonathan Bocão) e aguarda regularização, além de aprimorar lado físico. “Se eu os tivesse à disposição e colocasse Rafael, Medina, Luiz Henrique ou Rogerinho, aí sim abriria espaço para questionamento”, alertou.

Para o jogo deste sábado (5), contra o Confiança, na Arena de Pernambuco, pela Série C, o Náutico deve entrar em campo com Bruno; Medina (Luiz Henrique), Breno Calixto (Negretti), Camutanga e Tiago Costa; Jonathan, Régis Potiguar (William Gaúcho) e Júnior Timbó (Dudu); Rafael Assis, Wallace Pernambucano e Lelê.

Veja também

Seleção brasileira de rugby lança websérie com equipe feminina
Rugby

Seleção brasileira de rugby lança websérie com equipe feminina

Palmeiras goleia Corinthians e acaba com série invicta do rival
Campeonato Brasileiro

Palmeiras goleia Corinthians e acaba com série invicta do rival