Náutico

'Não me surpreendi', declara Hélio dos Anjos após goleada sobre o Central

Treinador obteve a intensidade desejada do elenco alvirrubro, que garantiu o resultado no primeiro tempo

Hélio dos AnjosHélio dos Anjos - Foto: Caio Falcão/CNC/Divulgação

Na estreia dos times no Campeonato Pernambucano de 2021, o Náutico encontrou um Central frágil, que não ofereceu resistência e cedeu a goleada por 5x0, nos Aflitos, neste sábado (27).

Durante a semana pré-jogo, o técnico Hélio dos Anjos batia na mesma tecla: “intensidade”. E parece que o elenco alvirrubro entendeu o recado. O time marcou os 5 gols do jogo no primeiro tempo e Kieza, com 4, assumiu a artilharia isolada do Campeonato Pernambucano em apenas um jogo.

Com a goleada, o Náutico assume a ponta do Campeonato Pernambucano, com três pontos conquistados. O Central, por sua vez, a lanterna, sem pontuar e com um saldo de menos cinco.

Confira a entrevista coletiva do técnico Hélio dos Anjos, na íntegra:

Visão da partida

Eu esperava isso mesmo. O time entrar com muita intensidade e dedicação. Fiquei satisfeito. Assumimos a responsabilidade fazendo um jogo de muita dedicação e compenetração.

Não me surpreendi (com a goleada). Independente de qualquer coisa, nós tivemos a atitude necessária para o adversário ficar mais fraco. Colocamos em prática um futebol que fragilizou o Central no aspecto tático e psicológico. O grupo forçou o Central a ser frágil, no primeiro tempo.

Colocamos o que é o modelo de jogo do Náutico, independente de adversário. O grupo foi prático, em relação a “fazer o resultado”. Nós não podíamos abrir mão, hoje, de fazer o resultado. 

Modelo de jogo

Acho que, ajustes, vamos ter que fazer. Não vamos nos satisfazer com um resultado como esse. Vamos ter a semana aberta, o grupo vai ter tempo para descansar e trabalhar para fazermos um jogo melhor ainda contra o Sete de Setembro, lá em Garanhuns.

Estreias de novos jogadores

O Alex foi um jogador importante na saída de bola hoje, apesar de não ser tão exigido. É um jogador experiente que vai ser muito importante pra nós.

O Marciel eu gostaria de ter usado por dentro, mas por conta do resfriado do Bryan, resolvemos usá-lo na lateral esquerda.

O Giovanny entrou há pouco tempo no lugar do Elias, mas é um jogador muito agudo, de “um contra um”. Um pouco mais introvertido, mas um jogador muito interessante na função.

Kauan e jovens da base

O Kauan é um menino. Nós tínhamos até outras opções pra colocar na função. É um jogador interessantíssimo, é artilheiro, é forte. Está convivendo com a gente pra aprender um pouquinho. Tanto ele quanto o Fernando, que são dois expoentes do sub-17.

E hoje, o Kauan foi o jogador mais jovem a entrar num jogo profissional na história do Náutico. Passaram esse dado pra mim. Foi uma questão deste tipo de oportunidade (do jogo), mas os outros também vão merecer entrar, na medida do possível.

Estreia de Alex já como titular

Contratamos o Alex pra jogar e não quisermos postergar isso. O Jefferson é um profissional que tem nos ajudado muito no dia a dia. Acho que é um fato natural respeitar decisões. Eu decido muito friamente, tecnicamente. E se houver oportunidade, ele tem condições, também, de atuar e atuar bem.

E com o Alex, eu nem falei. Só coloquei pra jogar. Jogador experiente... Natural a escalação.

Veja também

Por falta de recursos, Salgueiro estuda não disputar a Série D
Salgueiro

Por falta de recursos, Salgueiro estuda não disputar a Série D

Garay anuncia pausa na carreira para engravidar, após Jogos de Tóquio
Vôlei

Garay anuncia pausa na carreira para engravidar, após Jogos de Tóquio