Santa Cruz

‘Não vou ficar brigando por campo’, diz presidente do Santa em referência às finais

Após eliminar o Náutico nos pênaltis e se classificar à final do Estadual, Constantino Júnior afirmou que foco total, agora, será nos gramados

Constantino Júnior, presidente do Santa CruzConstantino Júnior, presidente do Santa Cruz - Foto: Anderson Stevens/Arquivo Folha

No início desta semana, o Santa Cruz entrou em uma disputa extracampo para conseguir no TJD-PE a transferência da partida contra o Náutico, marcada para acontecer na Arena de Pernambuco, para o Arruda. O pedido foi negado, mas o Tricolor não recuou e, na última terça, entrou com recurso no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Mais ou menos uma hora antes do duelo ante o Timbu, a cúpula coral recebeu a notícia de que o pedido também foi negado em instância nacional. Fora de campo, o desgaste não surtiu efeito. Ao contrário do que aconteceu nas quatro linhas, quando o Tricolor eliminou o rival nas penalidades, após empate em 0x0 no tempo regular. 

Desde a chegada da pandemia do novo coronavírus ao País, o futebol e seus atributos comuns - como público nos estádios - não são os mesmos e nem poderiam ser. A partir disso, a necessidade de criação de protocolos de segurança sanitária, além de “acordos” para a retomada da modalidade no Estado. No dia 09 deste mês, em entrevista coletiva, o secretário estadual de Turismo e Lazer, Rodrigo Novaes, afirmou que os jogos da final do Pernambucano serão realizados em São Lourenço da Mata, como forma de mitigar aglomerações. A decisão foi um consenso entre a Federação Pernambucana de Futebol (FPF) e o Governo do Estado. 

Pelo regulamento do Estadual, os mandos de campos dos dois jogos da final ficam a cargo da FPF, o que, nesta fase, dificultaria ainda mais qualquer tentativa da Cobra Coral de jogar sob seus domínios, no Arruda. Em contato com a Folha de Pernambuco, o presidente do executivo do Santa Cruz, Constantino Júnior, pregou mudança de foco, ao dizer que a briga, agora, será dentro de campo, mirando o 30º título estadual da história do clube.

“Vamos aguardar o posicionamento da federação, mas nosso foco vai ser no campo agora. Não vou ficar brigando por campo, vou brigar para dar moral para o nosso elenco conquistar o título. O clube passou e está preocupado em se preparar para a final” disse brevemente o mandatário coral.

O adversário do Tricolor sairá do confronto entre Salgueiro e Afogados da Ingazeira. A partida acontece nesta quinta (30), às 19h, no Cornélio de Barros, no Sertão pernambucano. 

Veja também

Jair Ventura reconhece segundo tempo abaixo: 'Temos que buscar equilíbrio'
Sport

Jair Ventura reconhece segundo tempo abaixo: 'Temos que buscar equilíbrio'

Sport sofre, mas vence o Fluminense, na Ilha do Retiro
Campeonato Brasileiro

Série A: na Ilha, Sport sofre, mas vence o Fluminense, com gol de pênalti de Hernane Brocador