Napoli insiste e bate Liverpool com gol no fim

O Napoli saltou para a ponta, com quatro pontos, um a mais que o atual vice-campeão continental, que caiu para terceiro

Napoli x LiverpoolNapoli x Liverpool - Foto: EFE/Ciro Fusco

Em um dos jogos mais aguardados da segunda rodada da Liga dos Campeões pela ofensividade das duas equipes, a rede balançou apenas uma vez, mas foi o suficiente para que o Napoli vencesse o Liverpool por 1x0 nesta quarta-feira no estádio San Paolo e assumisse a liderança do grupo C.

Enquanto o primeiro tempo foi equilibrado e de poucas chances, no segundo, os 'Azzurri' pressionaram até arrancar uma importante vitória. Insigne vazou Alisson aos 44 minutos da etapa final.

Em uma chave que é vista como uma das mais difíceis desta Champions, o Napoli saltou para a ponta, com quatro pontos, um a mais que o atual vice-campeão continental, que caiu para terceiro. Entre os dois está o Paris Saint-Germain, que bateu o Estrela Vermelha por 6x1 no Parc des Princes, com três gols de Neymar, e ocupa a segunda posição no saldo de gols. O campeão sérvio é o lanterna, com um ponto.

Na terceira rodada do grupo, marcada para o dia 24 deste mês, o vice-campeão italiano terá a dura missão de encarar o PSG na França, enquanto o Liverpool buscará a reabilitação recebendo a equipe de Belgrado no estádio Anfield Road.

Os dois times tiveram seus principais jogadores à disposição, e com isso quatro brasileiros estiveram em campo, três como titulares. A equipe anfitriã contou com o volante Allan, enquanto Alisson e o atacante Roberto Firmino, ambos da seleção, atuaram pelo pentacampeão europeu na formação inicial, e o meia Fabinho entrou no decorrer do duelo.

Embora se trate de dois times muito rápidos, a partida começou amarrada, sem muitas chances de gol. Em um dos poucos contra-ataques do primeiro tempo, aos dez minutos, Callejón lançou, e Insgine chutou cruzado rente à trave.

Insigne voltou a dar trabalho ao sistema defensivo dos 'Reds' aos 15 minutos, ao dar uma caneta em Keita e arriscar de fora da área. Alisson olhou a bola sair por cima do travessão. Instantes depois, aos 18, a vítima do drible sentiu as costas e teve que ser substituída por Henderson.

A equipe visitante levou um pouco mais de perigo apenas aos 25, com Wijnaldum. Robertson desceu pela esquerda e deu para o holandês, que até teve certo espaço, mas bateu sem força à direita do alvo. O Napoli respondeu aos 32, em giro seguido de finalização forte de Milik, mas Alisson espalmou e manteve o placar em branco.

Em um jogo tão duro, qualquer oportunidade deve ser aproveitada, e Firmino cochilou em um bom ataque do Liverpool. Aos 42, Henderson lançou o camisa 9, que acreditou estar impedido e parou. Robertson ainda tentou dar sequência, mas foi bloqueado.

Leia também:
Neymar brilha e PSG goleia Estrela Vermelha na Champions
Coutinho marca, Messi brilha, e Barça passa pelo Tottenham 

O segundo tempo começou com uma pressão do Napoli, que pôs Alisson para trabalhar aos quatro minutos. Milik soltou a bomba, o goleiro rebateu para frente e a defesa completou o serviço. Um minuto depois, Mario Rui chutou rasteiro de fora e o camisa 13 encaixou.

A defesa dos 'Reds' dava espaço para Milik, que tentava e tentava, mas não conseguia ir às redes. Aos 13, o centroavante polonês arrematou da entrada da área a centímetros do alvo.

Apagado na partida e na temporada como um todo, Salah enfim deu o ar da graça aos 22, em sobra de cobrança de escanteio. O terceiro melhor do mundo da temporada na eleição da Fifa bateu colocado e cedeu tiro de meta.

Passado o susto, o Napoli se manteve no ataque em busca do gol. Aos 29 minutos, Callejón recolheu na ponta direita e finalizou cruzado. A bola passou por Alisson, mas não por Gomez, que cortou quase em cima da linha.

A pressão dos 'Azzurri' era cada vez maior, e o gol parecia maduro. Aos 36, Mario Rui colocou na área, Mertens se antecipou a Alisson e acertou o travessão. No rebote, mesmo baixinho, Insgine conseguiu cabecear, mas estava pressionado e errou o alvo.

Sem conseguir se manter no campo de ataque, o Liverpool foi castigado aos 44 minutos, quando o Mertens acelerou nas costas de Robertson pela direita e cruzou rasteiro. Alisson não alcançou, Insgine deslizou e tirou o zero do placar com um carrinho, selando o triunfo do vice-campeão italiano.

Veja também

Náutico perde por 2x0 para a Ponte Preta, pela Série B
Futebol

Náutico perde por 2x0 para a Ponte Preta, pela Série B

Confira, em tempo real, os lances de Santa Cruz x Brusque
Série C

Confira, em tempo real, os lances de Santa Cruz x Brusque