Náutico amplia férias até o final de abril

Decisão já era prevista por conta do prolongamento do período de quarentena provocada pela pandemia do novo coronavírus

Kieza, atacante do NáuticoKieza, atacante do Náutico - Foto: Caio Falcão/Náutico/Divulgação

Como já era de se esperar, o período de férias dos atletas do Náutico, inicialmente programado para terminar no dia 20 de abril, foi confirmado até o final do mês. A informação foi do presidente do clube, Edno Melo. A decisão segue o atual momento do esporte, paralisado por conta da pandemia do novo coronavírus e com a indefinição do retorno às atividades.

Os demais clubes das Séries A e B do Campeonato Brasileiro devem seguir o mesmo modelo. A decisão de conceder férias de 20 dias - podendo prorrogar para 30 - partiu de um acordo entre a Comissão Nacional dos Clubes (CNC) e da Federação Nacional dos Atletas Profissionais (Fenapaf).

O Náutico, vale salientar, também definiu com elenco e comissão técnica a redução de 25% dos salários do mês de abril, o que gerou uma economia de R$ 150 mil - a folha de pagamento do Timbu gira em torno de R$ 600 mil.

Leia também:
Presidente da Federação Paulista garante conclusão de estaduais e Brasileiro com 38 rodadas
Novos contratados já iniciam programa de treinos do Náutico

Veja também

Internacional vence sexta seguida e fica a um ponto do líder São Paulo
Campeonato Brasileiro

Internacional vence sexta seguida e fica a um ponto do líder São Paulo

Presença de atletas formados na base cresce 25% em Brasileiro na pandemia
Futebol

Presença de atletas formados na base cresce 25% em Brasileiro na pandemia