Esportes

Náutico busca primeira vitória em 2019 contra clube de Série A

Apenas uma partida no ano foi contra um clube da elite. Logo na estreia, nos Aflitos, contra o Fortaleza, na derrota por 3x1

Jorge Henrique, atacante do Náutico Jorge Henrique, atacante do Náutico  - Foto: Kleyvson Santos/Folha de Pernambuco

Não há como tirar os méritos do período invicto do Náutico, que chegou ao incrível número de 17 jogos sem derrotas em 2019. A maior sequência positiva do futebol brasileiro, superando ainda a melhor marca dos alvirrubros nesse quesito nos últimos 30 anos. Há, porém, um desafio que o Timbu precisará superar caso queira permanecer sem tropeços e avançar de fase na Copa do Nordeste. A invencibilidade será capaz de suportar um duelo perante um clube de Série A?

Amanhã, no Castelão, o Náutico visitará o Ceará, pelas quartas de final do Nordestão. Será o jogo mais importante do clube até o momento na temporada e também o de maior grau de dificuldade. Nas 21 partidas feitas neste ano, apenas uma foi contra um clube da elite do futebol brasileiro. Logo na estreia, nos Aflitos, contra o rival do Vozão, o Fortaleza. Os alvirrubros foram derrotados por 3x1. No mais, encontros diante de equipes da Série B (CRB, Vitória e Sport), Série C (Santa Cruz, Sampaio Corrêa), entre outros.

Propor jogo contra equipes de mesmo nível ou de grau inferior tem se mostrado eficaz para os alvirrubros. O discurso da imposição fez o clube conseguir importantes resultados, principalmente pela Copa do Nordeste, ao ganhar do CRB e empatar com o Vitória, ambos os confrontos fora de casa. O mesmo tentará ser feito diante dos cearenses. A equipe comandada pelo técnico Lisca, aliás, só perdeu apenas um jogo em 2019 - menos que o Náutico, que foi superado três vezes. O Vozão tem dez vitórias, nove empates e apenas um revés, contra o Corinthians, pela Copa do Brasil. A última vitória do Timbu como visitante contra o Ceará foi em 2001, pela Série B. De lá para cá foram quatro derrotas e três empates.

Leia também:
Luiz Henrique minimiza diferença entre final na Arena e nos Aflitos
DM avalia situações de Robinho e Sueliton

Veja também

Sport supera traumas recentes, goleia Trem-AP e avança de fase na Copa do Brasil
Copa do Brasil

Sport supera traumas recentes, goleia Trem-AP por 4x0 e avança de fase na Copa do Brasil

Em jogo emocionante, Petrolina vence Cascavel-PR e vai à segunda fase da Copa do Brasil
Copa do Brasil

Em jogo emocionante, Petrolina vence Cascavel-PR e vai à segunda fase da Copa do Brasil