Futebol

Náutico definirá na quarta (25) quinto membro da comissão eleitoral

Escolha deve "destravar" a análise dos pedidos de impugnação das três chapas inscritas para a eleição presidencial do dia 12 de novembro

Eleições do Náutico acontecem dia 12 de novembroEleições do Náutico acontecem dia 12 de novembro - Foto: Tiago Caldas/CNC

O novo quinto membro da comissão eleitoral do Náutico será definido na noite da quarta (25), em reunião do Conselho Deliberativo do clube. A escolha será fundamental para finalmente ser analisado os pedidos de impugnação das três chapas inscritas para as eleições presidenciais do Timbu, marcadas para o dia 12 de novembro. A informaçãofoi confirmada por um dos secretários da comissão, Lítio Santos.

Inicialmente, a regularidade das chapas que pretendem disputar o pleito que decide as vagas para o Executivo e Deliberativo no biênio 2024-2025 seria finalizada na última sexta (17), após a comissão eleitoral analisar as denúncias de sócios envolvendo as candidaturas dos três blocos que participam da disputa. A questão é que não foi possível resolver o imbróglio por conta de o número dos integrantes do grupo ser par - podendo ocasionar o empate. Isso se deveu a renúncia de um quinto membro, deixando uma lacuna que não foi preenchida a tempo.

Como não há um critério de desempate em caso de uma igualdade nos votos, o Conselho Deliberativo optou por adiar a decisão e convocar uma assembleia extraordinária para escolher um novo membro para a comissão.

Chapas inscritas na eleição

A chapa da situação tem Edno Melo como candidato a presidente e Pablo Vitório como vice, intitulada “Náutico do Futuro”. O grupo, citado como independente, formado por Alexandre Asfora e Diego Rocha, é o “Gestão e Paixão pelo Náutico”. A oposição, inscrita como “Todos pelo Náutico”, é encabeçada por Aluísio Xavier e Waldir Mendonça.

No caso da chapa "Náutico do Futuro", a alegação é de que nenhum membro foi à Secretaria do Conselho Deliberativo para registrar ambas candidaturas, fazendo o cadastro apenas de forma online, algo não previsto no artigo 3 do estatuto.

Sobre a “Gestão e Paixão pelo Náutico”, a denúncia é de que Diego Rocha, candidato a vice, não teria três anos como associado. Já o problema citado envolvendo o grupo "Náutico de Todos" é de Aluísio Xavier só supostamente estar em dia há 14 meses e não 24, como pede o artigo 40 do estatuto.

Nas eleições do Náutico, podem votar sócios maiores de 18, das seguintes categorias citadas pelo estatuto do clube: Grandes Beneméritos, Beneméritos, Eméritos, Contribuintes, Remidos, 100% Timba, Branco de Paz, Patrimonial e Vermelho de Luta.

Além disso, o sócio precisa integrar o quadro social do clube há pelo menos um ano e estar adimplente nos seis meses anteriores à eleição. Ao todo, 4.089 associados estão aptos a votar.

Veja também

Potência paralímpica, Ucrânia sofre com a guerra em meio à preparação para os Jogos de Paris
Paraolimpíadas

Potência paralímpica, Ucrânia sofre com a guerra em meio à preparação para os Jogos de Paris

Com lesão no joelho direito, Renzo vai passar por cirurgia e vira baixa por oito meses no Sport
Sport

Com lesão no joelho direito, Renzo vai passar por cirurgia e vira baixa por oito meses no Sport