Náutico descarta volta de Hayner e quer elenco completo ainda nesta semana

Timbu foi o primeiro time que se reapresentou entre os grandes do estado e quem mais contratou

Presidente da Comissão de Meio Ambiente da Alepe, Wanderson Florêncio (PSC)Presidente da Comissão de Meio Ambiente da Alepe, Wanderson Florêncio (PSC) - Foto: Wesley D'Almeida

Trabalhar com todos os jogadores do elenco, entre contratados e remanescentes. Esse é o objetivo do Náutico. A intenção era conseguir isso na última segunda (2), mas a demora em resolver algumas pendências impediu que o técnico Dado Cavalcanti tivesse todos à disposição. Mas uma coisa é certa: o lateral-direito Hayner não defenderá o Timbu em 2017.

O jogador de 21 anos, que pertence ao Bahia, recebeu nesta semana um ultimato para definir se ficaria no Tricolor de Aço ou se voltaria ao Timbu. A primeira opção pesou. Com isso, os alvirrubros tentarão trazer mais um atleta da posição pelo menos até o dia 24 de janeiro, data em que o Náutico pega o Uniclinic-CE, pela Copa do Nordeste.

Veja também

Plantel do Osasco registra oito casos da Covid-19
Vôlei

Plantel do Osasco registra oito casos da Covid-19

Surto de covid-19 obriga Cabo Verde a desistir de Mundial de Handebol
Handebol

Surto de covid-19 obriga Cabo Verde a desistir de Mundial de Handebol