Náutico é campeão em número de jogos e uso de atletas

Equipe é a que mais atuou no Brasil e já utilizou 33 jogadores nos 13 jogos disputados

Mais de 30 atletas já foram utilizados por Roberto FernandesMais de 30 atletas já foram utilizados por Roberto Fernandes - Foto: Léo Lemos/Divulgação/Náutico

Nenhum torcedor no Brasil viu seu time jogar mais vezes em 2018 do que os alvirrubros. Do dia 8 de janeiro, data da estreia do Náutico na temporada, no duelo de ida perante o Itabaiana/SE, pela pré-Copa do Nordeste, até hoje, se passaram 42 dias. E em 13 deles o time entrou em campo. A média é de quase um confronto a cada três dias. Em muitas ocasiões, o clube chegou a disputar quatro no intervalo de uma semana. Equipe que mais se apresentou até agora nos gramados brasileiros, o Timbu tem utilizado também o máximo que pode suas peças do elenco para evitar o desgaste físico excessivo. A força do Alvirrubro neste início de semestre está no grupo.

Nos 13 jogos disputados, divididos em três competições diferentes (Copa do Nordeste, Campeonato Pernambucano e Copa do Brasil), o Náutico utilizou 31 atletas. Foram dois goleiros (Bruno e Jefferson), quatro laterais (Thiago Ennes, Medina, Kevyn e Gabriel Araújo), seis zagueiros (Camacho, Breno, Camutanga, Rafael Ribeiro, Samuel e Richard), seis volantes (William Gaúcho, Josa, Negretti, Hygor, Cal e Jobson), seis meias (Wallace Pernambucano, Clebinho, Christianno, Luiz Henrique, Júnior Timbó e Felipinho) e sete atacantes (Daniel Bueno, Fernandinho, Odilávio, Tharcysio, Rafael Assis, Wagner Lauretti e Robinho). Desses, 14 são formados nas categorias de base do clube.

O time que vai entrar em campo amanhã contra o Afogados da Ingazeira, na Arena de Pernambuco, pelo Estadual, deve ter ainda mais caras novas. Uma delas pode ser Bryan Mascarenhas, lateral-direito que chegou ao clube no início do ano, mas que não estreou por conta de um problema muscular. Outro que ainda não vestiu a camisa alvirrubra em 2018 foi o atacante Rogerinho, que estava se recuperando de uma contusão no joelho direito. A ideia do técnico Roberto Fernandes é colocar em campo um time reserva no confronto, poupando os titulares para o jogo da quinta, contra o Bahia, na Arena Fonte Nova, pela Copa do Nordeste.

Ortigoza

O atacante paraguaio Ortigoza deve fazer sua estreia pelo Náutico diante do Afogados. O atleta não foi relacionado no Clássico das Emoções, mas Roberto informou que pode utilizá-lo no Estadual para dar ritmo de jogo ao atleta. Já o volante Wendel e o goleiro Luiz Carlos, reforços que desembarcaram nesta semana ao clube, ainda precisam de mais dias de treinamento até conseguirem um espaço na lista de selecionáveis.

Veja também

A 50 dias do Pernambucano, Santa Cruz prega cautela no planejamento da pré-temporadaSanta Cruz

A 50 dias do Pernambucano, Santa Cruz prega cautela no planejamento da pré-temporada

Confira como foi o último bate-chapa do NáuticoFutebol

Confira como foi o último bate-chapa do Náutico