Náutico e Paysandu farão briga dura pelo acesso à Série B

Alvirrubros garantiram o primeiro lugar do Grupo A ao vencer clássico contra o Santa

Alvirrubros comemoram gol de Diego Silva sobre o Santa CruzAlvirrubros comemoram gol de Diego Silva sobre o Santa Cruz - Foto: Léo Malafaia/Folha de Pernambuco

O Náutico já sabe qual é o seu último obstáculo na luta pelo acesso à Série B. Depois de terminar em primeiro lugar no Grupo A, com 33 pontos - sem contar uma maiúscula vitória por 3x1 sobre o Santa Cruz no Clássico das Emoções, no último sábado -, o Timbu ficou destinado a enfrentar o quarto colocado da outra chave. Coube ao Paysandu ocupar esse papel. Ontem, o Papão da Curuzu empatou com o Remo por 1x1, no Mangueirão, e terminou com 28 pontos, na quarta posição. Curiosamente, os três primeiros colocados da chave também fecharam a primeira fase com a mesma pontuação.

Embora tenha finalizado a primeira etapa como líder da chave, o Náutico não teve uma jornada plenamente tranquila na Série C. Ainda sob o comando do técnico Márcio Goiano, o Timbu perdeu dois jogos e venceu um nas três primeiras rodadas. Gilmar Dal Pozzo retornou ao clube que havia comandado após três anos de sua primeira passagem. Aos poucos, o cenário foi mudando. Nos 15 jogos restantes, foram apenas três derrotas sofridas. A reta final foi ainda mais surpreendente. Nos últimos sete jogos, foram seis vitórias e apenas um revés. Resultados que levaram o time para o topo da tabela.
mos duelos válidos pelo Grupo B. Curiosamente, os quatro primeiros colocados da chave terminaram com 28 pontos. O quarto lugar ficou com o Paysandu. Assim, o Papão será o adversário do Náutico na briga pelo acesso, visto que o Timbu terminou em primeiro do Grupo B.

Leia também:
Náutico vence clássico e acaba com o sonho do Santa
Confira os gols de Náutico x Santa Cruz, nos Aflitos
Gilmar Dal Pozzo vê Náutico como merecedor da liderança
Milton Mendes viu Santa superior na derrota para o Náutico


O Paysandy não tem uma trajetória menos surpreendente. Já são 15 jogos de invencibilidade. Desde o dia 26 de maio, na derrota por 1x0 para o Internacional, pela Copa do Brasil, a equipe não sabe o que é perder na temporada. Um trabalho consistente que garantiu a classificação para as quartas de final da Série C 2019. A sequência sem tropeços aumentou com o resultado do último fim de semana. Chama a atenção nessas estatísticas o desempenho da equipe fora de casa, com triunfos importantes perante Tombense/MG, Luverdense e até mesmo contra o rival do Pará, no primeiro turno.

O destaque do Paysandu é o atacante Tomás Bastos, autor de cinco gols e quatro assistências nos seis jogos em que esteve vestindo a camisa do Papão - o atleta foi contratado no mês passado. O jogador rapidamente caiu nas graças da torcida e virou a referência ofensiva do time comandado pelo técnico Hélio dos Anjos. Por falar no treinador, Hélio tem passagens no comando de Náutico e Sport. No Leão, ele foi tricampeão pernambucano nos anos de 1996, 1997 e 2003. Pelo Timbu, seu maior feito foi o acesso à Série B em 2006.

Veja também

São Paulo consegue reembolso de jogo adiado
Futebol

São Paulo consegue reembolso de jogo adiado

Cruzeiro e América-MG fazem clássico estadual na Série B
Futebol

Cruzeiro e América-MG fazem clássico estadual na Série B