A-A+

Náutico empata em 1x1 com o ABC

Timbu saiu atrás do placar, reagiu cedo, mas não conseguiu derrotar o time potiguar, nos Aflitos, pela Copa do Nordeste 2020

Erick, atacante do NáuticoErick, atacante do Náutico - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Os alvinegros estão sendo um calo na vida do Náutico. Depois de ser eliminado pelo Botafogo, na Copa do Brasil, e perder a invencibilidade nos Aflitos, para o Central, pelo Campeonato Pernambucano, o Timbu lamentou outro tropeço. Os alvirrubros empataram em 1x1 com o ABC, em casa, pela Copa do Nordeste, caindo para a terceira posição do Grupo B, com oito pontos.

O lateral-direito Hereda foi o principal nome do Náutico no primeiro tempo. Em todos os sentidos. De cara, foi vítima de um drible do meia Jaílson. O camisa 18 levou a melhor no jogo de corpo e acertou um chutaço para abrir o placar nos Aflitos aos dois minutos. Esse início, todavia, não manchou a ótima exibição do defensor alvirrubro.

O camisa 2 infernizou a defesa do ABC. O lateral-esquerdo Marlon sofreu na marcação e foi substituído - ele recebeu cartão amarelo e, com medo de uma futura expulsão, o técnico Francisco Diá optou pela saída do defensor. O Náutico conseguiu empatar graças ao prata da casa, que passou bem pela marcação e cruzou. O goleiro Rafael espalmou, a bola rebateu no zagueiro Bruno e entrou.

O prata da casa também fez um “gol” na defesa. Após desarme em Kieza, os potiguares armaram contra-ataque. A bola chegou até Paulo Sérgio, frente a frente com Jefferson. Hereda cortou na hora certa a finalização, salvando os alvirrubros de outro tento.

Richardson e Jefferson. Companheiros de mesmo sufixo no nome e, cada um ao seu modo, os personagens da manutenção do empate. O primeiro, zagueiro do ABC, marcou bem o atacante Kieza e levou a melhor em quase todos os lances. No outro lado, o camisa 1 do Náutico fez duas grandes defesas seguidas em chutes de Paulo Sérgio e Berguinho - esse último, diga-se, finalizou dentro da pequena área duas vezes, parando no goleiro em uma e isolando outra. Com os ataques ineficientes, o placar permaneceu 1x1, com um gosto mais amargo para os alvirrubros.

Ficha técnica

Náutico 1

Jefferson; Hereda, Diego Silva, Ronaldo Alves e Willian Simões; Luanderson (Salatiel), Djavan (Rhaldney), Jhonnatan e Jean Carlos; Erick e Kieza. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

ABC 1

Rafael; Bruno, Richardson, Vinícius Leandro e Marlon (Wesley); Felipe Manoel, Jailson e João Paulo; Cedric, Berguinho (Igor) e Paulo Sérgio (Núbio). Técnico: Francisco Diá.

Local: Aflitos (Recife/PE)
Árbitro: Michael Vinícius Santos Freitas (SE). Assistentes: Vaneide Vieira de Góis e Renner Lisboa dos Santos (ambos de SE).
Gols: Jailson (aos 2 do 1ºT), Bruno, contra (aos 9 do 2ºT)
Cartões amarelos: Ronaldo Alves, Hereda, Kieza, Jhonnatan (N); Marlon, Felipe Manoel, Rafael (A)
Público: 4.276 torcedores
Renda: R$ 43.880,00

Leia também:
Com Kieza de volta, Náutico mira reação diante do ABC
Venda de ingressos é iniciada para Santa x Náutico

Veja também

Com gol nas três vitórias consecutivas, Caio Dantas deslancha no Náutico
SÉRIE B

Com gol nas três vitórias consecutivas, Caio Dantas deslancha no Náutico

Santa Cruz ultrapassa 2500 ingressos vendidos para confronto contra Floresta
Santa Cruz

Santa Cruz ultrapassa 2500 ingressos vendidos para confronto contra Floresta