Náutico encara Sampaio em duelo crucial por classificação

Timbu precisa fazer o dever de casa contra o líder Sampaio Corrêa, em jogo marcado para as 20h desta segunda (12)

Gilmar Dal Pozzo, técnico do Náutico Gilmar Dal Pozzo, técnico do Náutico  - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Os jogos do fim de semana da 16ª rodada do Grupo A da Série C 2019 indicavam uma remota possibilidade de o Náutico chegar para o duelo desta segunda-feira (12), diante do Sampaio Corrêa, às 20h, nos Aflitos, com chances de conseguir uma classificação antecipada à fase de mata-mata do torneio.

Para isso, o Timbu precisava secar os concorrentes da parte de cima da tabela. O problema é que os resultados conspiraram contra os pernambucanos. Mesmo assim, a equipe segue no G4, em quarto, com 24 pontos, e pode se aproximar ainda mais do sonho do acesso à Série B caso derrote o time maranhense, líder e já assegurado nas quartas de final.

Leia também:
Saiba onde assistir Náutico x Sampaio Corrêa

O Náutico tem dois desfalques confirmados e duas dúvidas para o jogo. Os primeiros problemas começaram no início da semana. Os atacantes Paulinho e Thiago sofreram lesões na coxa e ficarão fora do confronto. Jhonnatan e Álvaro treinaram nas vagas dos contundidos. Depois, a preocupação ficou por conta das situações clínicas do meia-atacante Matheus Carvalho e do lateral-esquerdo Wilian Simões. O primeiro teve um incômodo na panturrilha, enquanto o segundo está com dores no tornozelo. Ambos não tem presença confirmada. Caso Wilian seja vetado, Erick Daltro será o substituto. Na frente, o treinador terá as opções de Jefferson Nem, Neto ou até mesmo Wallace Pernambucano.

Leia também:
Náutico lança terceiro uniforme inspirado na Croácia
Náutico tem bom desempenho contra times do G4

Uma das apostas para surpreender os maranhenses está no meio-campo. Volante de origem, Jhonnatan pode jogar improvisado no lado direito de ataque. Posição que não será novidade na carreira. Já atuei assim com o próprio Gilmar (Dal Pozzo) em 2016, no Paysandu. Na ocasião, eu tive bons resultados, fazendo gols. Espero dar a melhor resposta em campo”, disse o atleta. O treinador também rasgou elogios. “Um dos melhores momentos dele foi jogando como extremo. Eu me lembro de um jogo em que vencemos o Vasco por 2x0, em São Januário, com dois gols dele. Ele cumpre bem a função sem a bola e tem uma qualidade de jogo apoiado, sendo agudo pelo lado e por dentro”, explicou.

Sampaio Corrêa
Cinco vitórias seguidas e seis jogos de invencibilidade. O Sampaio Corrêa embalou na reta final da Série C e grande parte do mérito é do técnico João Brigatti, contratado pela Bolívia Querida na virada do turno. O clube não perdeu sob seu comando e não sofreu gols nos últimos quatro jogos.

Ficha do jogo

Náutico
Jefferson; Hereda, Camutanga, Diego Silva e Wilian Simões (Erick Daltro); Josa, Jiménez, Jhonnatan e Jean Carlos; Álvaro e Rafael Oliveira. Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Sampaio Corrêa
Rodrigo Carvalho; Everton, Odair, Vitor e Romano; Lucas Hulk, Ferreira e Patric; Roney, Kauê e Salatiel Jr. Técnico: João Brigatti

Local: Aflitos (Recife/PE)
Horário: 20h
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Evandro de Melo Lima (SP). Transmissão: DAZN

Veja também

Na Fonte Nova, Bahia desafia tabu contra o Ceará
Futebol

Na Fonte Nova, Bahia desafia tabu contra o Ceará

Em clima de decisão, Náutico visita Figueirense no Orlando Scarpelli
Série B

Em clima de decisão, Náutico visita Figueirense no Orlando Scarpelli