Náutico estuda possibilidade de disputar Nordestão 2018

Diretoria Executiva e Conselho Deliberativo se reuniram para tratar de possível retorno do clube para a competição

"Valor da cota é atrativo", reforça a cúpula alvirrubra"Valor da cota é atrativo", reforça a cúpula alvirrubra - Foto: Brenda Alcântara

Sem conseguir terminar ao menos na terceira colocação do Campeonato Pernambucano 2017, o Náutico perdeu o direito de disputar a Copa do Nordeste 2018. A vaga, porém, ficou perto de cair no colo do Timbu assim que o Sport optou pela desfiliação do torneio. No entanto, os alvirrubros seguiram o mesmo “barco” dos rivais. Uma decisão que pode ter uma reviravolta em breve. Após uma reunião entre o Conselho Deliberativo e a Diretoria Executiva, uma possível volta ganhou força nos bastidores do Alvirrubro.

“Quando você tem a possibilidade de obter receita e preencher o calendário, é preciso sentar e conversar. Esse assunto foi debatido no Conselho e queremos definir o mais rápido possível, entrando em um consenso com todas as partes. A possibilidade de ter o valor da cota é atrativa para o clube”, afirmou o atual diretor de futebol e futuro vice-presidente do clube, Diógenes Braga.

Do Trio de Ferro da Capital, o único que manteve desde o princípio a decisão de permanecer no torneio foi o Santa Cruz. O Tricolor, até então classificado para o pré-Nordestão, anunciou que herdaria a vaga dos rubro-negros. Medida que abriu os olhos dos dirigentes alvirrubros. Afinal, isso faria com que o lugar na fase classificatória para o certame poderia ficar com o clube.

Caso decida participar do pré-Nordestão e consiga passar para a fase de grupos da competição, o Timbu receberá R$ 750 mil.

Veja também

Técnico Adilson Batista tem melhora e deve deixar UTI
Futebol

Técnico Adilson Batista tem melhora e deve deixar UTI

Jean projeta mais duas vitórias para Náutico se livrar do risco de queda
Futebol

Jean projeta mais duas vitórias para Náutico se livrar do risco de queda